Lacoste é condenado a 10 anos de prisão por tentar matar sargento da Polícia Militar de Coxim

Correio do Pantanal

27 set 2018 às 10:54 hs
Lacoste é condenado a 10 anos de prisão por tentar matar sargento da Polícia Militar de Coxim
Sheila Forato

Sidney da Silva Gonçalves, de 20 anos, o Lacoste, foi condenado a 10 anos de prisão por ter tentado matar o sargento da Polícia Militar, Aurilei Silvério de Arruda. A condenação foi determinada pelo júri popular, presidido pela juíza Tatiana Said, nesta quarta-feira (26), em Coxim.

Foto: PC de Souza

Marcos André Sant´ana Cardoso atuou na acusação (Foto: PC de Souza)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Apesar de ter alegado legítima defesa, a acusação feita pelo promotor de Justiça, Marcos André Sant´ana Cardoso, conseguiu convencer os jurados que Lacoste tentou matar o policial. Por conta disso, ele foi condenado por tentativa de homicídio duplamente qualificada, além de receptação.

O crime aconteceu em janeiro de 2017. Nos primeiros minutos do dia 15, o sargento avistou o suspeito empurrando uma motocicleta, YBR Yamaha, pela rua Afonso Costa Campos, no bairro Senhor Divino, em Coxim. A situação pra lá de suspeita chamou a atenção do policial, pois, além de empurrar a moto, o jovem não portava capacete e ainda tentava dar tranco.

O policial chegou a perguntar se a motocicleta não tinha chave e se o veículo era dele. Lacoste afirmou que sim, porém, o sargento continuou acompanhando o mesmo até a rua Manoel do Carmo, onde novamente questionou a origem da motocicleta e se apresentou como policial militar, pois ele não estava trabalhando naquele dia.

A pedido do promotor, Lacoste exibiu tatuagens (Foto: PC de Souza)

Após ouvir que estava conversando com um policial, Lacoste soltou a motocicleta no chão, sacou um revólver e apontou em direção ao militar, que também apontou a arma para o jovem. Enquanto o policial pedia pra ele se entregar e soltar a arma, Lacoste pedia para o sargento fazer o mesmo, pois apenas queria ir embora.

Entretanto, no momento em que tentava fugir, o bandido desferiu um tiro contra o policial, que revidou e conseguiu atingir o autor na axila. Ferido, o jovem fugiu e pediu socorro a um pastor, morador da região, que acionou a polícia. Na manhã do mesmo dia, a Polícia Civil localizou o revólver de calibre 38 usado por Lacoste num terreno baldio da avenida Pedro Pedrossian, também no bairro Senhor Divino.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: