Homem invade casa pela terceira vez e é preso após ‘armadilha’ de morador na capital

Correio do Pantanal

30 jul 2019 às 06:45 hs
Homem invade casa pela terceira vez e é preso após ‘armadilha’ de morador na capital

Preparado para a “visita” indesejada, morador guardou seu carro no vizinho e no final da tarde, suspeito voltou à casa. Aos policiais o suspeito disse que foi convidado a entrar na residência pelo próprio morador

Por G1MS — Campo Grande

Um homem de 35 anos foi preso na noite de sexta-feira (26) após o morador de uma casa em Campo Grande preparar uma “armadilha” e ligar para a polícia. O dono do imóvel disse que já era a terceira vez que o suspeito foi a residência.

Aos policiais o suspeito disse que foi convidado a entrar na residência pelo morador — Foto: TV Morena/Reprodução

Aos policiais o suspeito disse que foi convidado a entrar na residência pelo morador — Foto: TV Morena/Reprodução

De acordo com a polícia, o morador disse que na quinta-feira (25) no início da noite, após chegar em casa foi surpreendido pelo homem que entrou sem ser convidado, perguntando se tinham algo para doar. Na ocasião a família doou alimentos e ele pediu alguns ferros que estavam no local, mas a vítima disse que não poderia doá-los.

Na sexta-feira, o homem voltou até a casa e bateu palmas, momento em que somente a filha da vítima estava no local, não o atendeu e avisou o pai. O suspeito então, acreditando que não havia ninguém no imóvel, pulou o muro e furtou uma roda de caminhonete.

De acordo com a polícia, o morador suspeitou que o autor poderia voltar e furtar novamente, então preparou-se para a “visita: tirou o carro da garagem e deixou no vizinho. No início da noite quando a esposa do morador chegou na residência, ela deixou o portão destrancado pois sairia em seguida. O suspeito, que realmente estava aguardando um momento oportuno, entrou no quintal da residência. Ao ser flagrado pelo dono da casa, o homem disse que estava no local para fazer uma horta e capinar o terreno do morador.

Segundo a ocorrência, ao ser questionado sobre a roda que levara o suspeito disse que a vendeu para um galpão de reciclagem, e que seu pai teria pedido que ele voltasse ao local para pedir desculpas. Ele afirmou ser pai de sete filhos. O morador então acionou a polícia.

Aos policiais, o suspeito disse que foi convidado a entrar na residência pelo morador, e que retornou porque ele teria prometido que daria uma bateria para ele, o que foi negado pela vítima. Ele disse ainda que não havia furtado a roda, e que confessou o furto ao morador porque teve medo de apanhar. O homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento do Centro.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: