Geada atinge 14 cidades de MS pela primeira vez em 2019

Correio do Pantanal

8 jul 2019 às 05:31 hs
Geada atinge 14 cidades de MS pela primeira vez em 2019

Por G1 MS

Termômetro marcando 1 C° em Ponta Porã  — Foto: Martim Andrada Termômetro marcando 1 C° em Ponta Porã  — Foto: Martim Andrada

Termômetro marcando 1 C° em Ponta Porã — Foto: Martim Andrada

A geada atingiu 14 cidades de Mato Grosso do Sul pela primeira vez em 2019 na madrugada deste sábado (6), de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Instituto Nacional de Pesquisas (Inpe). Paisagens e pastos ficaram embranquecidos principalmente no sul do estado. Foi a madrugada mais gelada do ano. Confira as temperaturas mínimas registradas em algumas cidades às 5 horas:

  • Amambai: -0,1 C°
  • Bataguassu: 3,9 C°
  • Bela vista: 3,9 C°
  • Chapadão do sul: 3,8 C°
  • Dourados: 1,6 C°
  • Itaquiraí: 2,1 C°
  • Ivinhema: 3,8 C°
  • Jardim: 4,1 C°
  • Juti: 1,4 C°
  • Maracaju: 2,9 C°
  • Ponta Porã: 1,7 C°
  • Rio brilhante: 1,0 C°
  • Sete Quedas: 1,0 C°
  • Sidrolândia: 3,4 C°
  • Campo grande: 5,5 C°

No final de semana são esperadas mínimas entre 0°C e 5°C para cidades no sul do estado. As temperaturas voltam a subir um pouco a partir de terça-feira (9) em todo Mato Grosso do Sul.

Geada na região de fronteira com o Paraguai em MS  — Foto: Martim Andrada/TV MorenaGeada na região de fronteira com o Paraguai em MS  — Foto: Martim Andrada/TV Morena

Geada na região de fronteira com o Paraguai em MS — Foto: Martim Andrada/TV Morena

Gramado com geada em Ponta Porã (MS)  — Foto: Martim Andrada/TV MorenaGramado com geada em Ponta Porã (MS)  — Foto: Martim Andrada/TV Morena

Gramado com geada em Ponta Porã (MS) — Foto: Martim Andrada/TV Morena

Pastos amanheceram embranquecidos em 14 cidades de MS  — Foto: Martim Andrada/TV MorenaPastos amanheceram embranquecidos em 14 cidades de MS  — Foto: Martim Andrada/TV Morena

Pastos amanheceram embranquecidos em 14 cidades de MS — Foto: Martim Andrada/TV Morena

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: