EUA: Mais de 90 pessoas internadas por overdose de droga em dois dias

Correio do Pantanal

19 ago 2018 às 16:49 hs
EUA: Mais de 90 pessoas internadas por overdose de droga em dois dias

Consumo de marijuana sintética levou dezenas de pessoas a hospitais de Connecticut, esta quarta e quinta-feira. Há duas pessoas em risco de vida.

Chegam às dezenas aos vários hospitais da cidade de New Haven, em Connecticut, nos Estados Unidos, nos últimos dois dias. Cerca de 95 pessoas estão a ser tratadas por overdose provocada por uso de marijuana sintética – também conhecida como “K2”.

O primeiro alerta foi dado esta quarta-feira. De acordo com a estação CNN, esta quinta-feira, o comandante Alston Jr. estava a meio de uma conferência de imprensa sobre um grupo hospitalizado por overdose quando foi interrompido com uma nova emergência. O caso subia, então, de cerca de 72 para mais de 90 pessoas internadas por uso excessivo de marijuana sintética.

Ambos os incidentes terão ocorrido no parque New Haven Green, no centro da cidade. Ainda que não haja mortes a registar, as autoridades afirmam existir dois indivíduos em risco de vida.

Alston Jr. acredita que se trata de “um problema nacional”. “As pessoas automedicam-se por várias razões diferentes, e todas os agentes envolvidos – polícia, bombeiros, hospitais – estão tensos neste momento. Este é um problema que não está a desaparecer”, sublinha.

As autoridades locais dizem já ter detido três pessoas que poderão estar envolvidas na distribuição da droga.

Em 2017, 71 568 americanos morreram de overdose, confirma a CNN. O mais recente incidente em Connecticut vem lembrar a morte de duas pessoas em abril deste ano, em Chicago, também por uso indevido de K2, que deixou mazelas em mais outras 54 pessoas envolvidas. Ainda em junho, perto de 300 pessoas deram entrada nos hospitais por overdose de maconha sintética.

Substâncias sintéticas como a droga K2 podem ser sortir efeitos até 100 vezes mais fortes do que o THC, a principal substância psicoactiva encontrada nas plantas do género Cannabis.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: