EUA e China entram em guerra comercial de grande escala

Correio do Pantanal

7 abr 2018 às 07:38 hs
EUA e China entram em guerra comercial de grande escala

As duas maiores economias do mundo se desafiam anunciando tarifas no valor de 50 bilhões de dólares.

Apesar de Trump e Xi Jinping se mostrarem próximos, a disputa econômica segue caminho diferente

Washington / Pequim 
A Saca de Nova York, nesta quarta-feira.
A Saca de Nova York, nesta quarta-feira. DREW ANGERER AFP

Os bombardeios estão só começando, mas a guerra já foi declarada. Os Estados Unidos anunciaram tarifas sobre a importação de 1.300 produtos chineses no valor de 50 bilhões de dólares e a China contra-atacou anunciando sua própria lista, com um valor similar. A Bolsa se ressentiu e as indústrias afetadas de cada lado do Pacífico estão em suspense, mas as consequências do enfrentamento das duas maiores economias do mundo são globais. Nas brigas de elefantes, dizem, quem mais sofre é a grama que está embaixo.

A relação entre Washington e Pequim é complexa. Donald Trump, que tem uma queda por líderes autoritários, já expressou simpatia por Xi Jinping e elogiou sua decisão de perpetuar-se no poder mediante uma reforma constitucional. Ambos os líderes conseguiram coordenar-se em uma questão complicada como a norte-coreana, tendo a China concordado em aumentar a pressão sobre Pyongyang e abrindo a porta para uma possível cúpula histórica entre o presidente norte-americano e Kim Jong-un a fim de negociar a desnuclearização de seu hermético país. Mas a promessa trumpista de reduzir o déficit comercial segue um caminho diferente e o republicano não está disposto a cede

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: