Em MS, 6 candidatos são registrados para concorrer ao governo do estado, 12 ao Senado, 344 a Assembleia e 119 a Câmara Federal

Correio do Pantanal

16 ago 2018 às 10:57 hs
Em MS, 6 candidatos são registrados para concorrer ao governo do estado, 12 ao Senado, 344 a Assembleia e 119 a Câmara Federal

Quem não teve o nome registrado pode procurar a Justiça Eleitoral de forma individual, nos próximos dois dias para registrar a candidatura.

Candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, por ordem alfabética: Humberto Amaduccci (PT), João Alfredo (PSOL), Juiz Odilon de Oliveira (PDT), Júnior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV) e Reinaldo Azambuja (PSDB) (Foto: Reprodução/TV Morena)Candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, por ordem alfabética: Humberto Amaduccci (PT), João Alfredo (PSOL), Juiz Odilon de Oliveira (PDT), Júnior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV) e Reinaldo Azambuja (PSDB) (Foto: Reprodução/TV Morena)

Candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul, por ordem alfabética: Humberto Amaduccci (PT), João Alfredo (PSOL), Juiz Odilon de Oliveira (PDT), Júnior Mochi (MDB), Marcelo Bluma (PV) e Reinaldo Azambuja (PSDB) (Foto: Reprodução/TV Morena)

O prazo para o registro das candidaturas para as eleições 2018 terminou às 19h (de MS) desta quarta-feira (15), em Mato Grosso do Sul. No estado, seis candidatos vão disputar o governo neste ano:

Para as duas vagas do Senado, disputam 12 candidados. O senador Pedro Chaves, do PRB, mesmo registrado, desistiu da reeleição e o partido deve anunciar um substituto. Por enquanto estão confirmados na disputa:

  • Anísio Guató (PSOL)
  • Betini (PMB)
  • Beto Figueiró (Podemos)
  • César NOcollati (PTC)
  • Marcelo Miglioli (PSDB)
  • Mário Fonseca (PC do B)
  • Moka (MDB)
  • Nelsinho Trad (PTB)
  • Promotor Sergio Harfouche (PSC)
  • Soraya Thronicke (PSL)
  • Thiago Freitas (PPL)
  • Zeca do PT (PT)

Para as oito vagas da Câmara Federal, 119 candidatos foram registrados para a disputa e para as 24 da Assembleia Legislativa, 344 candidatos.

Quem não teve o nome registrado pode procurar a Justiça Eleitoral de forma individual, nos próximos dois dias para registrar a candidatura. Até a próxima segunda-feira (20), o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) deve publicar a lista final dos candidatos e daí começa a correr o prazo de cinco dias para os pedidos de impugnações.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: