Em Mato Grosso do Sul, 151 mulheres disputam eleições

Correio do Pantanal

20 ago 2018 às 10:16 hs
Em Mato Grosso do Sul, 151 mulheres disputam eleições

No total são quatro vices e uma candidata ao Senado

Nas eleições em Mato Grosso do Sul terão 158 mulheres concorrendo a vários cargos, sendo 37 para deputada federal e 101 para estadual. Além disso, são quatro vice-governadoras. Uma delas é Tânia Garib, ex-secretária estadual de Assistência Social do Governo André Puccinelli (MDB). Ela será parceira de chapa do candidato a governador Júnior Mochi (MDB), atual presidente da Assembleia Legislativa. Mochi substituiu a senadora Simone Tebet, que renunciou a candidatura depois de ocupar a vaga deixada com a prisão de André.

Simone era até então única mulher concorrendo ao Governo do Estado. A candidatura resistiu apenas uma semana depois da homologação na convenção do MDB.

A professora Ana Maria Bernardelli (Rede) é candidata a vice de Marcelo Bluma (PV). Bluma foi vereador de Campo Grande e hoje busca a eleição para governador do Estado.

 

 

A outra professora, Osvaldina Maria de Freitas (PSOL) é vice de João Alfredo Danieze, que foi vice-prefeito de Ribas do Rio Pardo. Enquanto a advogada Luciene Maria da Silva (PT) é vice do ex-prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci (PT), candidato a governador do Estado.

A única mulher disputa o Senado é a advogada Soraya Vieira Thronicke (PSL). Uma é prmeira suplente e sete segunda suplente.

A reportagem completa você acompanha na edição de segunda-feira (20), no Jornal Correio do Estado

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: