Compras do governo vão movimentar  R$ 2 bilhões em 2019

Correio do Pantanal

26 out 2018 às 16:41 hs
Compras do governo vão movimentar  R$ 2 bilhões em 2019

Verba será usada para adquirir 72 milhões de itens

Por DANIELLA ARRUDA

Segundo balanço apresentado no evento, a participação de micro e pequenas empresas nas licitações do governo do Estado aumentou de 23,1% para 48,6% nos últimos quatro anos. Do total de estabelecimentos que disputaram esses certames, 92% são empresas locais de Mato Grosso do Sul. Conforme o secretário de Administração do Estado, Édio Viegas, o aumento na participação dos pequenos empreendedores nas licitações se dá pela diminuição da burocracia nos últimos anos, além das facilidades encontradas agora com o sistema mais automatizado.

“No início do Plano de Compras [em 2015], esse processo de habilitação era manual e hoje o empreendedor tem uma ferramenta tecnológica para isso. Há também um trabalho de sensibilização do micro e pequeno empresário. Capacitamos o fornecedor para ele saber como participar do pregão. Hoje, praticamente não existe mais carta-convite, as licitações são por meio de pregão, o que facilita e agiliza o processo. Também tornamos eletrônico o cadastro”, destacou Viegas.

Mudanças

Desenvolvida de forma inédita no Estado em 2015, a iniciativa tem o objetivo de fortalecer e incentivar a participação dos micros e pequenos empresários de Mato Groso do Sul nos processos licitatórios da administração estadual.

A divulgação antecipada da quantidade de produtos e serviços que o governo pretende adquirir no próximo ano tem reflexo direto na economia, pois possibilita que o empresário possa se planejar para vender para o Estado.

Ainda segundo o secretário, com todas as mudanças, o prazo de cadastro das empresas no chamado E-fornecedor caiu de uma média de 10 dias para apenas um dia. Para mais informações, os interessados podem entrar no site da Central de Compras, no qual terão acesso a todas as informações e como será o processo de habilitação.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: