‘Caubói de Aço’ do MS vence  desafio de paracanoagem no Rio

Correio do Pantanal

24 set 2018 às 09:23 hs
‘Caubói de Aço’ do MS vence  desafio de paracanoagem no Rio

Atleta superou adversários e ondas na água provocadas pelo forte vento

Por LEANDRO ABREU

Nas raias ao lado estavam os também brasileiros Igor Tofalini e Luiz Carlos Cardoso, além do polonês Jakub Tokarz.

Na principal prova do dia, em uma revanche das Olimpíadas, o brasileiro Isaquias Queiroz e o alemão Sebastian Brendel se enfrentaram novamente, na Lagoa Rodrigo de Freitas, mesmo lugar onde duelaram pelos Jogos Rio 2016. E mais uma vez deu o brasileiro.

Após boa largada, Isaquias conseguiu abrir vantagem logo no início. Assim como na prova da paracanoagem, o vento e as ondas da lagoa atrapalharam um pouco a desenvoltura dos atletas, mas o baiano mostrou sua força física e ficou com o ouro. Brendel ficou com a prata, o polonês Wictor Glazunow ficou com o bronze e o colombiano Daniel Cipagauta ficou em quarto.

Essa foi a primeira vez que ambos voltaram à Lagoa Rodrigo de Freitas. Depois de vencer o Mundial deste ano, em Portugal, Isaquias é dono de três medalhas olímpicas e dez títulos mundiais. O alemão conquistou 18 medalhas em torneios mundiais, três em Jogos Olímpicos e é considerado um dos maiores da história da canoagem.

Pela categoria K1 500m, a Polônia também se deu bem. Norbert Kuczynski venceu seguido pelo argentino Rubén Rézola, pelo equatoriano Cesar de Cesare e pelo brasileiro Pedro Henrique. No feminino K1 500m, um duelo entre Alemanha, Equador, Polônia e Brasil. E mais uma vez deu Polônia, com Anna Pulawska. A alemã Nina Krankemann arrancou no final e perdeu por poucos centímetros para Pulawska. A brasileira Ana Pala Vergutz e a equatoriana Stefanie Perdomo Vinces completaram o pódio.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: