Bolívia expulsa brasileiro foragido da Justiça e o entrega à PF em MS

Correio do Pantanal

29 jun 2019 às 22:39 hs
Bolívia expulsa brasileiro foragido da Justiça e o entrega à PF em MS

Por G1 MS e TV Morena

Anilson Nery foi entrega à PF em Corumbá (MS) — Foto: PF/Divulgação Anilson Nery foi entrega à PF em Corumbá (MS) — Foto: PF/Divulgação

Anilson Nery foi entrega à PF em Corumbá (MS) — Foto: PF/Divulgação

O Governo da Bolívia expulsou o brasileiro Anilson Nery, conhecido como “Rei”, neste sábado (29). Ele foi entregue à Polícia Federal em Corumbá, região pantaneira.

O homem, de 37 anos, estava foragido e foi preso em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia. A captura foi resultado da cooperação das policias dos dois países. De acordo com o governo boliviano, o brasileiro escondia-se utilizando documentos falsos e havia sido condenado no Brasil por homicídio e tráfico de drogas.

Polícia Federal na fronteira com a Bolívia  — Foto: PF/Divulgação Polícia Federal na fronteira com a Bolívia  — Foto: PF/Divulgação

Polícia Federal na fronteira com a Bolívia — Foto: PF/Divulgação

A prática de expulsão de brasileiros com pena a cumprir no Brasil vem sendo adotada com frequência por outro país vizinho, o Paraguai. Na terça-feira (25) o governo do Paraguai expulsou dois brasileiros presos no país e que eram considerados foragidos no Brasil. De acordo com o Ministério do Interior, um deles é Natanael Ferreira de Oliveira, apontado como membro de uma facção criminosa. Ele foi entregue à justiça brasileira em Pedro Juan Caballero (MS), o outro detento em Salto del Guairá, no Paraguai.

O Paraguai diz que pretende expulsar outros brasileiros presos no país que são membros de facções criminosas. A princípio o governo disse que esperava um acordo com o Brasil para iniciar essas expulsões, porém, o Ministério da Justiça informou que não havia recebido nenhuma informação oficial sobre o caso e que o instituto de expulsão caracteriza um ato unilateral, não cabendo a necessidade de cooperação.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: