Administrativo da UEMS faz greve contra salário; profissionais da educação querem reajuste maior de 3,04%
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

4 abr 2018 às 09:44 hs
Administrativo da UEMS faz greve contra salário; profissionais da educação querem reajuste maior de 3,04%

Assessoria do governo de MS informou que ainda está em negociação com as categorias.

 

Profissionais da educação da rede estadual de MS protestam contra reajuste de 3,04% (Foto: Fabiano Arruda/TV Morena)

Profissionais da educação da rede estadual de MS protestam contra reajuste de 3,04% (Foto: Fabiano Arruda/TV Morena)

Os técnicos e assistentes administrativos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) iniciaram nesta terça-feira (3) uma paralisação contra os baixos salários. Os profissionais da educação protestaram contra o reajuste de 3,04% aprovado semana passada, na Assembleia Legislativa.

A assessoria do governo do estado informou que ainda está em negociação com as categorias dos técnicos e administrativos e só vai se manifestar quando houver acordo.

A segunda discussão do reajuste dos profissionais da rede estadual de ensino estava na pauta da sessão de hoje da Assembleia Legislativa, mas foi adiada para quarta-feira (4). Os servidores estão acampados na frente da Casa de Leis e aguardam uma audiência para discutir o assunto.

Também vão ser prejudicados os universitários da UEMS que ficarão dois dias sem aula, a partir de hoje.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: