Açougueiro agride esposa com grelha de fogão, incendeia casa com tudo dentro e foge

Correio do Pantanal

16 set 2018 às 20:57 hs
Açougueiro agride esposa com grelha de fogão, incendeia casa com tudo dentro e foge

A agressão aconteceu durante discussão depois que ela pediu que ele fosse embora casa, em Campo Grande, MS.

Fogo destruiu tudo na casa da família, em Campo Grande, MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV MorenaFogo destruiu tudo na casa da família, em Campo Grande, MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

Fogo destruiu tudo na casa da família, em Campo Grande, MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/TV Morena

Um açougueiro de 38 anos é suspeito de agredir a esposa com grelha de fogão, ameaçá-la de morte e depois colocar fogo na casa onde a família morava. Tudo aconteceu na noite de quinta-feira (13), no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

A vítima, de 32 anos, contou à polícia que o marido chegou do trabalho por volta das 19h30 (de MS) e foi para a casa do irmão, que é vizinho. Por volta das 22h30 ela foi até lá e o chamou para ir embora pois ele já tinha ingerido bebida alcoólica.

O casal discutiu quando o homem chegou em casa e, na versão da mulher à polícia, ele bateu no rosto dela com grelha de fogão, a xingou, pegou uma faca e fez ameaças de morte. Ela chamou pelo cunhado, que foi até o local e tentou conter o irmão.

Conforme o registro policial, a mulher pegou a filha de 3 anos que estava dormindo, saiu da casa e em seguida viu o marido colocando fogo em um dos cômodos. As chamas se espalharam e destruíram a casa.

A mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para a UPA Moreninhas com ferimento no rosto e o homem fugiu e até a publicação desta reportagem não tinha sido localizado.

Tudo que tinha na casa foi destruído pelo fogo. Objetos pessoais, móveis, documentos e roupas.

Família perdeu tudo no incêndio em MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV MorenaFamília perdeu tudo no incêndio em MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena

Família perdeu tudo no incêndio em MS — Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: