Pecuarista brasileiro é morto a tiros na fronteira com o Paraguai e pistoleiros são presos após perseguição

Correio do Pantanal

19 jul 2019 às 06:45 hs
Pecuarista brasileiro é morto a tiros na fronteira com o Paraguai e pistoleiros são presos após perseguição

Por Flávio Dias, G1 MS

 

Um Pecuarista de nacionalidade brasileira de 58 anos foi morto a tiros na manhã dessa quinta-feira (18), em Capitán Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia, a 395 km de Campo Grande.

Pistola usada por criminosos em assassinato de pecuarista brasileiro. — Foto: Divulgação/Polícia Nacional do ParaguaiPistola usada por criminosos em assassinato de pecuarista brasileiro. — Foto: Divulgação/Polícia Nacional do Paraguai

Pistola usada por criminosos em assassinato de pecuarista brasileiro. — Foto: Divulgação/Polícia Nacional do Paraguai

De acordo com a Polícia Nacional do Paraguai, a vítima estava em uma caminhonete perto da Linha Internacional entre as cidades quando foi abordada por uma dupla de motocicletas, sendo um brasileiro e um paraguaio. O que estava na garupa foi o responsável poe efetuar os disparos.

Conforme a ocorrência, o pecuarista morreu antes do socorro chegar. Ele foi atingido por tiros de pistola de calibre 9mm . Agentes da Policia Nacional do Paraguai que passavam pelo local, flagraram a ação e após perseguição, conseguirem prender os criminosos. Os dois foram levados para a sede da Polícia Nacional do Paraguai onde foram ouvidos. O motivo do crime ainda não foi revelado.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: