Milionário acusado de “marcar namoradas como gado

Correio do Pantanal

14 fev 2018 às 07:36 hs
Milionário acusado de “marcar namoradas como gado

” Empresário que organiza orgias em mansão vê-se envolvido em várias polémicas.

Estilo de vida do milionário Travers Beynon é alvo de muitas críticas nas redes sociais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Travers Beynon, mais conhecido como ‘ O Homem dos Doces’, saltou para a ribalta depois de divulgar o seu estilo de vida de milionário playboy nas redes sociais. O empresário, dono da uma das principais tabaqueiras australianas, mostra-se em festas na sua opulenta mansão, sempre acompanhado das mais belas modelos, que trata como namoradas, e organiza festas de sexo em ambiente de luxo. Mas a fama de Travers tem-se revelado uma faca de dois gumes e já o obrigou a apagar a conta da sua mansão (a ‘Loja dos Doces’), depois de ser acusado de “marcar as namoradas como se fossem gado”, de pagar para ter modelos em sua casa e de se mostrar com as mulheres presas por uma trela. Trai a mulher todos os dias e ela não se importa Uma das citações mais conhecidas do empresário é a sua afirmação de que dorme “com quatro mulheres diferentes todas as noites”, na sua mansão avaliada em mais de 2,5 milhões de euros. “Eu nunca durmo muito porque faço muito sexo. Invento uma posição sexual diferente todas as semanas”, assegura o milionário. No entanto, Travers é casado com Taesha, de 26 anos, e tem quatro filhos, que vivem com ele na mansão. Os pais da jovem modelo não concordam com as escolhas de vida da filha e sustentam que “o que se passa naquela casa é igual ao que ocorre em determinadas seitas”. Taesha nega as acusações e garante ser feliz, mesmo sabendo que o marido a trai todos os dias. “Sou eu que sou casada com ele. Ele tem muitas namoradas mas, ao fim do dia, tem apenas uma mulher”, diz confiante.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: