A cidade com mais milionários da Europa está lotada

Correio do Pantanal

9 fev 2018 às 10:09 hs
A cidade com mais milionários da Europa está lotada

Dinheiro Vivo

Mónaco é a cidade com mais ricos per capita da Europa. Atualmente, mais de 30% dos 38 mil residentes no Mónaco são milionários. A seguir Fundo de resgate da zona euro aprova reembolso antecipado da Espanha Mais vistas JOGOS OLIMPICOS Numa volta pelo mundo, veja como estão os locais olímpicos abandonados IMPOSTOS Nove despesas que podem ajudá-lo a baixar o seu IRS TRABALHO Estes são os salários das profissões mais bem pagas do país TECNOLOGIA Estes são os 157 novos emojis a caminho do seu smartphone É a cidade com mais milionários por metro quadrado da Europa, de acordo com o ranking da WealthInsights. Uma em cada três pessoas que vive no Mónaco é milionária. O pequeno principado no sul de França é a segunda cidade mais pequena do mundo e a com mais ricos da Europa per capita. Um dos principais motivos desta concentração de milionários é o facto de o país ser um paraíso fiscal. “Não há impostos sobre o rendimento nem sobre as empresas e esta é a principal razão pela qual encontramos pessoas que desejam mudar-se para aqui. A outra coisa é simplesmente, o estilo de vida”, esclareceu à BBC o responsável de consultoria de riqueza da agência, Oliver Williams. Leia também: 102 viagens que todos devemos fazer uma vez na vida A vida de luxo na cidade é visível através dos carros topo de gama, dos iates e dos helicópteros que são o transporte preferido para viagens de curta distância, substituindo o táxi. O preço das casas é um dos mais caros do mercado imobiliário mundial: o metro quadrado custa entre os 53 mil e os 100 mil euros. Estima-se que até 2026 haja mais de 16 mil milionários no principado francês. Atualmente, mais de 30% dos 38 mil residentes no Mónaco são milionários e a cidade está lotada. De forma a dar resposta a este problema, o príncipe Alberto II do Mónaco aprovou um projeto que visa a extensão urbana da cidade. Está previsto o aumento do porto, com capacidade para albergar 30 navios e novos edifícios urbanos com espaço para 120 habitações de luxo, com o valor de 75 mil euros por metro quadrado. Leia também: As 13 cidades mais baratas da Europa para um fim de semana Este projeto, que custará quase dois mil milhões de euros, pretende aumentar a cidade em 15 acres, o equivalente a 60702.9 metros quadrados (atualmente a cidade tem 500 acres). A operação deverá durar 40 meses. Os especialistas ambientais já alertaram para os perigos desta extensão urbana, que irá ter impacto na vida marinha, eliminando várias espécies de animais e plantas que ficarão sem o seu habitat.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: