Narcosubmarinos chegam à Europa. Da Colômbia à Galiza com escala em Portugal
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

26 nov 2019 às 14:50 hs
Narcosubmarinos chegam à Europa. Da Colômbia à Galiza com escala em Portugal

A apreensão, na costa galega, de um submarino de transporte de cocaína confirma o poderio dos gangues de tráfico de droga.

Guardia Civil iniciou operação na segunda-feira para emergir o submarino.
Guardia Civil iniciou operação na segunda-feira para emergir o submarino.© EPA/Salvador Sas

DN

Não foi a primeira vez que um submarino dedicado ao transporte de droga é apresado pelas autoridades. Mas é a primeira vez que tal acontece na Europa. No domingo, um submergível avariado, com uma carga superior a três toneladas de cocaína, acabou nas mãos das autoridades, bem como dois dos três traficantes.

Segundo o El País, as autoridades já tinham informações sobre semisubmergíveis enviados da América Latina para África e Espanha desde 2006. A embarcação, de 22 metros de comprimento, terá sido fabricada na Guiana. Oriunda da Colômbia, conta o La Voz de Galicia, os tripulantes, dois equatorianos e um espanhol, cruzaram o Oceano Atlântico, tendo passado por Cabo Verde e parado em Lisboa.

Agente da Guardia Civil carrega parte da droga apreendida no submarino.
Agente da Guardia Civil carrega parte da droga apreendida no submarino.© EPA/Salvador Sas

Com avarias e falta de combustível, a embarcação, que já estaria referenciada pela Polícia Judiciária portuguesa, acabou cercada pelas forças de segurança espanholas. Os três tripulantes saltaram para a água e deixaram a escotilha aberta para que a embarcação submergisse. O terceiro elemento, de nacionalidade espanhola, conseguiu escapar-se.

Há vários anos que os cartéis de droga usam semisubmergíveis para o tráfico de droga. Operações policiais e militares têm perseguido e apresado estes meios de transporte na Colômbia, Equador, Guiana e México.

DW Brasil@dw_brasil

Submarino do narcotráfico é interceptado pela Guarda Costeira americana no Pacífico1

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: