Deputado Neno Razuk vota sim pelo ‘Mais Social’ e elogia Reinaldo por programa de segurança alimentar

Correio do Pantanal

31 mar 2021 às 21:49 hs
Deputado Neno Razuk vota sim pelo ‘Mais Social’ e elogia Reinaldo por programa de segurança alimentar

O deputado Neno Razuk (PTB) declarou voto positivo e parabenizou o Governador Reinaldo Azambuja pelo programa de segurança alimentar “Mais Social”, que foi apresentado durante uma reunião realizada na terça-feira (30), em Campo Grande e já levado para votação na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul).

O projeto consiste em um auxílio disponibilizado pelo governo do Estado para atender 100 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade com um cartão de alimentação para ser usado em diversos estabelecimentos de todo o Estado.

“Participei da reunião em que o  Governador Reinaldo Azambuja apresentou a criação do programa de segurança alimentar e destaco a importância de projetos como este que auxiliará 100 mil famílias em situação de vulnerabilidade em nosso Estado. O ‘Mais Social’ foi pensado em um momento crítico, não só em questão econômica, mas o ápice da epidemia de Covid-19 no país, quando tantas pessoas necessitam de comida mesmo”, pontuou o deputado.

Para Neno este será  um grande marco na gestão do Reinaldo, “que em nenhum momento deixou de acompanhar as dificuldades da população, fica aqui meu agradecimento e o parabenizo pela celeridade na criação do programa”, destaca Neno. 

O Mais Social

A criação do programa de segurança alimentar “Mais Social” será um benefício voltado para 100 mil famílias sul-mato-grossenses em situação de vulnerabilidade. O programa que substituirá o Vale-Renda, disponibilizará cerca de R$200,00 mensais para compras de alimentos e itens de higiene pessoal. Além disso, não será um benefício permanente.

Weslei Queiroz – Assessor de Comunicação

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: