Mau tempo moveu barco encalhado há 100 anos nas cataratas do Niágara
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

4 nov 2019 às 16:00 hs
Mau tempo moveu barco encalhado há 100 anos nas cataratas do Niágara

Mau tempo moveu barco encalhado há 100 anos nas cataratas do Niágara

Mau tempo moveu barco encalhado há 100 anos nas cataratas do Niágara
© Niagara Parks

DN

Há mais de um século que um barco estava preso nas rochas acima das Cataratas do Niágara – e já fazia parte da paisagem -, mas o mau tempo que assolou a região nos últimos dias acabou por fazer mover os destroços do navio.

O clima severo de quinta-feira – com fortes rajadas de vento – acabou por empurrar a embarcação para longe das rochas e agora o barco está mais perto de território canadiano. A Comissão de Parques de Niágara partilhou um vídeo onde se vê aquilo que parece o navio “a virar-se de lado e a girar”,

Niagara Parks@NiagaraParks

The severe weather conditions experienced yesterday have caused the iron scow, which has remained lodged in the powerful upper rapids above the Falls for over a century, to shift significantly from its position.

History of the Iron Scow Rescue: https://bit.ly/2Wy3a0V 

A história de como o barco ali ficou encalhado é já uma lenda na região. Em 1918, um navio separou-se do seu rebocador – com dois homens a bordo – durante uma operação de dragagem, e ficou preso no rio Niágara, a cerca de 600 metros de Horseshoe Falls, uma das três quedas de água que compõem as Cataratas do Niágara.

Apesar dos inúmeros esforços das autoridades, os náufragos – James Harris e Gustav Lofberg – só conseguiram ser resgatados com a ajuda de “um corajoso veterano da Primeira Guerra Mundial chamado William “Red” Hill”, embora só no dia seguinte ao acidente, conta a CNN.

O barco de ferro deteriorou-se ao longo dos anos, mas continuou firmemente preso às rochas, onde “atracou” em 1918.

A equipe do Niágara Parks continua a acompanhar o movimento do barco, caso este se mova novamente.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: