Suspeitos de triplo homicidio no Canadá suicidaram-se após semanas em fuga

Correio do Pantanal

13 ago 2019 às 06:46 hs
Suspeitos de triplo homicidio no Canadá suicidaram-se após semanas em fuga

Suspeitos de triplo homicidio no Canadá suicidaram-se após semanas em fuga

Os dois fugitivos, suspeitos de terem assassinado três pessoas no Canadá, e que motivaram uma caça ao homem durante duas semanas, terão cometido suicídio.DOIS SUSPEITOS E TRÊS MORTES. “A MAIS TERRÍVEL HISTÓRIA DE AMOR DE SEMPRE”VER MAIS

Os resultados das autópsias aos restos mortais encontrados junto a um rio em Gillam, na zona de Manitoba, no Canadá, confirmaram os primeiros indícios. Tratava-se de Kam McLeod, de 19 anos, e Bryer Schmegelsky, suspeitos de terem assassinado três pessoas.

“Apesar de sabermos que os dois indivíduos morreram dias antes de se terem encontrado os seus corpos, a hora exata da morte ainda não é conhecida”, disse, citado pelo jornal “The Guardian”, fonte da Polícia Montada do Canadá.TRÊS MORTOS, DOIS FUGITIVOS E 500 QUILÓMETROS DE ESTRADA. CRIME INTRIGA POLÍCIAVER MAIS

Segundo adianta a revista “Time”, as autoridades acreditam que os dois suspeitos se suicidaram depois de vários dias em fuga. Os corpos foram encontrados numa zona de mato denso com marcas de disparos.

Kam e Bryer são acusados da morte de Leonard Dyck e de Lucas Fowler e Chynna Deese. Durante vários dias desenvolveu-se uma intensa busca pelos dois rapazes, que incluíram até elementos do exército do Canadá. A últimas vez que os dois foram vistos foi no dia 22 de julho.

No início do mês, um helicóptero da polícia avistou um barco danificado e encontrou uma série de objetos relacionados com os dois suspeitos, acabando por depois encontrar os seus cadáveres.Partilhe este artigo no Fa

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: