Líder indígena da Amazónia morto a tiro numa emboscada de madeireiros

Correio do Pantanal

2 nov 2019 às 22:27 hs
Líder indígena da Amazónia morto a tiro numa emboscada de madeireiros

Dois membros da tribo Guajajara foram baleados na sexta-feira à noite durante uma emboscada feita por madeireiros armados, na Amazónia brasileira. Um deles morreu.

A informação foi divulgada, este sábado, pela Secretaria de Direitos Humanos do Governo do Maranhão e a imprensa local.

Da emboscada resultaram dois mortos e um deles é Paulo Paulino Guajajara, também conhecido como Kwahu Tenetehar, um dos denominados “Guardiões da Floresta”, um grupo de indígenas dedicado a proteger a floresta amazónica. Foi atingido por um tiro no pescoço, segundo a organização não governamental Survival International.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: