Jogador do Corinthians e da seleção brasileira é assassinado

Correio do Pantanal

11 ago 2019 às 15:44 hs
Jogador do Corinthians e da seleção brasileira é assassinado
Foto: Twitter

Sofia Esteves Teixeira DN

Douglas Nunes, de 27 anos, foi baleado, este domingo, à saída de um espaço noturno em Erechim, no Brasil. O jogador brasileiro, no Corinthians desde 2017, passou pela Europa e pela equipa cazaque do Kairat e chegou a representar a seleção canarinha.

Horas depois de jogar a semifinal da Taça Brasil de futsal, alguns elementos do Corinthians saíram para se divertir num espaço noturno, mas a noite acabou da pior forma: o pivô Douglas Nunes foi assassinado. Segundo a imprensa brasileira, testemunhas contaram que os jogadores se envolveram numa discussão dentro de um bar na Avenida Sete de Setembro, em Erechim, e à saída, Douglas foi baleado.

O jogador brasileiro ainda foi socorrido por bombeiros mas acabou por não resistir aos ferimentos. O alegado autor do crime está em fuga.

“Não sei dizer o que aconteceu, porque estava a dormir quando tudo aconteceu e agora estou na esquadra para tentar saber o que se passou. Sei que ele estava com um grupo de jogadores e eles tinham saído para aproveitar a folga”, disse André Bié, treinador do Corinthians.

Irmão do também pivô Betão, campeão mundial pela seleção brasileira em 2008, Douglas Nunes, de 27 anos, foi formado no Corinthians e passou pela Europa e pela equipa cazaque do Kairat, tendo também representado a seleção canarinha.

O clube brasileiro já reagiu à morte do pivô.

Corinthians@Corinthians

😢

O Sport Club Corinthians Paulista lamenta o falecimento do jogador Douglas Nunes, do futsal alvinegro, durante esta madrugada. Força aos familiares e amigos nesse momento tão difícil.

View image on Twitter
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: