Flanelinha tenta extorquir delegado em mercado e é preso em MS; veja vídeo: ‘Vaza ou então vou riscar seu carro’

Correio do Pantanal

7 ago 2019 às 17:36 hs
Flanelinha tenta extorquir delegado em mercado e é preso em MS; veja vídeo: ‘Vaza ou então vou riscar seu carro’

Suspeito abordou delegado no estacionamento e pediu a ele R$ 5. Delegado de MS então fez a abordagem e deu voz de prisão. Homem depois teria dito que “era só brincadeira”.

Por Graziela Rezende, G1 MS

Suspeito abordou delegado no momento em que estacionou carro em mercado de MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Suspeito abordou delegado no momento em que estacionou carro em mercado de MS — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Cinco reais por pessoa que estacionava o carro em um supermercado de Água Clara, distante a 179 km de Campo Grande. Este é o valor cobrado por flanelinhas, que resultaram em denúncias na cidade. No entanto, nessa terça-feira (6), um deles tentou extorquir um delegado e foi preso em flagrante.

“Eu fui abordado e ele veio pra cima, como se realmente fosse me agredir e pedindo o dinheiro. Como não houve o pagamento, disse: vaza ou então vou riscar seu carro. Eu então fiz a abordagem e dei voz de prisão a ele, por tentativa de extorsão”, afirmou ao G1 o delegado Felipe Madeira, responsável pelas investigações.

Ainda conforme o delegado, diversas denúncias estavam ocorrendo no supermercado, que fica na região central da cidade. “Os clientes falavam com o segurança e eles expulsavam os flanelinhas. No entanto, nenhuma delas chegou a ir até a delegacia e agora houve o flagrante com este homem, de 40 anos”, comentou.

G1 no BDRJ: Artista plástico registra histórias de crianças que tiveram infância roubadaBom Dia Rio00:17/02:55

Delegado prende flanelinha em estacionamento de mercado, em MS

Delegado prende flanelinha em estacionamento de mercado, em MS

Questionado, ele confessou que cobrava valores dos clientes. “Primeiro ele disse que era R$ 5 por pessoa e depois desconversou. Eles fazem ameaças, aparentam estar alcoolizados e isso já havia ocorrido comigo uma vez, porém, na ocasião eu conversei com o indivíduo e o alertei a não ter este tipo de conduta. Só que este ano as denúncias se intensificaram e o crime é de tentativa de extorsão, que é constranger alguém para fazer algo mediante grave ameaça”, explicou Madeira.

Segundo o delegado, o fato foi presenciado por testemunhas e também captado pelas câmeras de segurança. Nas imagens, é possível ver o momento da abordagem do flanelinha. Neste momento, o delegado fala que vários clientes comentaram das abordagens, inclusive uma idosa que ficou “extremamente amedrontada”.

O suspeito já possui antecedentes criminais por perturbação de sossego e vias de fato. Neste ano, ele ainda teria invadido loja de comércio embriagado e exigido dinheiro da proprietária. Questionado sobre este crime, ele teria dito que “era apenas uma brincadeira”.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: