Em 2013, ‘Maníaco do Carioca’ matou jovem a facadas por ciúmes da ex-namorada
  • Projetando

Correio do Pantanal

25 ago 2019 às 00:57 hs
Em 2013, ‘Maníaco do Carioca’ matou jovem a facadas por ciúmes da ex-namorada

Neste ano, homem promoveu onda de ataques com faca no bairro

Dayene Paz – Midiamax

Felipe disse que vai pagar pelo crime e sair de cabeça erguida (Foto: Leonardo de França)

Felipe da Silva Gamarra de 25 anos, vulgo ‘Moleque travesso’, que ficou conhecido em Campo Grande como ‘Maníaco do Carioca’ após atacar mulheres, já foi preso em outubro de 2013, por matar um jovem de 18 anos. O crime, motivado por ciúmes da ex-namorada, aconteceu na cidade de Anastácio, distante 134 quilômetros da Capital.

A vítima foi Pedro Henrique Mendes Couto, que bebia água próximo a um posto de combustíveis da cidade. Ele foi surpreendido por Felipe e outras duas pessoas, quando ‘Moleque travesso’ passou a desferir golpes de faca e fugiu. O crime foi motivado por ciúmes da ex-namorada.

A polícia localizou o rapaz horas depois e ele confessou o crime, mostrando a faca com cabo de plástico, quebrada, que estava no seu bolso. Ele foi condenado e cumpria pena pelo homicídio e também pelo crime de lesão corporal dolosa no presídio da Gameleira, em Campo Grande. Em fevereiro deste ano, Gamarra não retornou ao presídio e era considerado foragido.

Já na Capital, Felipe foi autor de uma onda de crimes no Jardim Carioca e estuprou uma das vítimas. Ele fugiu ao ver o cerco fechando, mas foi localizado na cidade de Anastácio, na quinta-feira (22) e apresentado pela Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) nesta sexta-feira (23). Gamarra estava com a roupa usada em um dos ataques e a polícia localizou com ele, um isqueiro pertencente a uma das vítimas atacadas na Capital.

Chorando, Felipe contou que estava sob efeito de álcool e drogas, quando cometeu o crime e pediu desculpas. O suspeito contou que a intenção era roubar a primeira vítima, atacada no dia 29 de julho. Ele fala que começou a cometer o abuso, quando percebeu que ela o reconheceria e então, esfaqueou a vítima.Mais notícias

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: