Casal e 11 filhos infetados com Covid-19 na mesma casa

Correio do Pantanal

4 abr 2020 às 21:28 hs
Casal e 11 filhos infetados com Covid-19 na mesma casa
Família foi contagiada com o novo coronovírus e está há semanas confinada ao apartamento de 170 metros
Família foi contagiada com o novo coronovírus e está há semanas confinada ao apartamento de 170 metros quadradosFoto: DR

Casal e 11 filhos infetados com Covid-19 na mesma casa

Família infetada com Covid-19, residente em Valladolid, Espanha, está confinada num apartamento de 172 metros quadrados. Crianças têm entre 12 meses e 15 anos.

Uma família de 13 elementos – pai, mãe e 11 filhos -, residente em Valladolid, Espanha, foi contagiada com o novo coronovírus e está há semanas confinada ao seu apartamento de 170 metros quadrados. “Estamos a sair do poço, mas ainda não podemos sair de casa”, desabafaram ao jornal El Español.

A primeira pessoa a sentir os sintomas, em 16 de março, ainda antes de Espanha ter decretado o estado de emergência, foi a progenitora, Irene Gervás, que é enfermeira. Poucos dias depois, toda a restante família ficou infetada.

As 11 crianças, cujo elemento mais novo tem apenas um ano e o mais velho 15, ficaram com os pais confinados ao apartamento localizado num quarto andar do bairro Huerta del Rey.

A situação obrigou o casal a encontrar formas de ultrapassar a crise, começando por dividir tarefas e cuidar de encontrar as melhores formas de entreter as crianças.

“Fizemos um cronograma para gerirmos os pequenos-almoços, o tempo de aulas das crianças. Tivemos de nos organizar como qualquer outra família. Mas também temos tido uma constante ajuda exterior”, contaram. Para os almoços e os jantares contam com a ajuda da mãe de Irene, que deixa as refeições no elevador da garagem do prédio, de modo a reduzir ao máximo o contacto pessoal.

“Temos os nossos telemóveis e fomos desencantar um iPad antigo e um computador portátil que, de certo modo, nestas circunstâncias, nos salvaram a vida. “Não tem sido uma situação fácil, mas temos fé”, disse o pai, José Maria, citado pelo jornal El Norte de Castilla.

Ao mesmo periódico o progenitor reconheceu que os filhos mas velhos têm dado uma ajuda preciosa. “Demonstram uma maturidade e uma responsabilidade que nos surpreendeu. E o hábito de lavarem as mãos, por exemplo, têm-no mais enraizado que nós, adultos”.

O casal e os 11 filhos cuja situação invulgar tem suscitado a curiosidade da comunicação social local, conta que, sendo religiosos, o facto de assistirem à missa online os tem ajudado a encarar os dias com mais paz de espírito e sentido de humor. “As crianças aborrecem-se um pouco com isso mas para nós, pais, dá-nos alguma serenidade”.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: