Contrato de CR7 inclui avião, mansão e direitos de imagem até 2030

Correio do Pantanal

2 jan 2023 às 19:11 hs
Contrato de CR7 inclui avião, mansão e direitos de imagem até 2030

Clube saudita anunciou apresentação do jogador português para esta terça-feira às 16.00 de Lisboa.

Contrato de CR7 inclui avião, mansão e direitos de imagem até 2030

DN

02 Janeiro 2023 — 14:11

Cristiano Ronaldo vai ser esta terça-feira à tarde (às 16.00 de Lisboa) apresentado oficialmente como reforço do Al Nassr, numa cerimónia marcada para o estádio Mrsool Park, sob o tema “Hala Ronaldo”. De acordo com o jornal espanhol Marca, o contrato milionário de CR7 é algo nunca antes visto, pois além da ligação ao clube válida até 2025 e de vários luxos, com uma mansão e um avião à disposição, compreende um vínculo com o governo saudita para dar a cara pela promoção do futebol no país.

Ronaldo vai ganhar um total de 500 milhões de euros. Mas na realidade o contrato pressupõe vários tipos de acordos, daí o seu valor astronómico. Segundo a Marca, o vínculo contempla dois anos e meio de ligação ao Al Nassr. Mas depois há um outro compromisso que se estende até 2030, com o avançado português a funcionar como uma espécie de embaixador do futebol saudita, dando a cara pela promoção do país do Médio Oriente a vários níveis.

Ronaldo terá a obrigatoriedade de respeitar vários compromissos publicitários, marcar presença em eventos de promoção da Arábia Saudita e assumir-se como um dos rostos da possível candidatura do país ao Mundial de 2030 ou de 2034. Se for o caso de 2030, a candidatura baterá com a de Portugal, Espanha e Ucrânia, o que poderá abrir aqui um conflito de interesses. Mas para já, refira-se, a candidatura saudita ainda não é oficial.

De acordo com o jornal desportivo espanhol, o agente Jorge Mendes não interferiu nesta operação (estarão de costas voltadas). Quem conduziu o processo foi Ricardo Regufe, amigo pessoal de CR7 e antigo Sports Marketing Manager Football da Nike em Portugal, que há uns anos se tornou numa espécie de personal manager do jogador. Segundo a Marca, esta operação rendeu cerca de 30 milhões de euros em intermediação.

Ronaldo terá um tratamento digno de um chefe de Estado. Além dos milhões do contrato, o avançado terá ainda direito a uma mansão de luxo, nos arredores de Riade, com assistência permanente para ele e família, e um avião completamente à sua disposição para se deslocar quando bem entender a Portugal e Espanha.

Ramos e Modric como colegas?

Os dirigentes do Al Nassr querem fazer um clube à imagem e medida de Cristiano Ronaldo, e acreditam que a contratação do português vai funcionar com uma espécie de dominó, ou seja, ajudar a que outras grandes figuras do futebol mundial aceitam mudar-se para aquele país. Por isso estão já a tentar as contratações de dois ex-colegas de Cristiano Ronaldo no Real Madrid. O defesa central espanhol Sergio Ramos, que está vinculado ao PSG até ao final da época, e o médio croata Luka Modric, que representa o Real Madrid.

Ronaldo terá esta tarde uma apresentação à medida da sua grandeza. O Al Nassr vai abrir as portas do estádio, com capacidade para 30 mil pessoas. Os bilhetes terão um custo aproximado de quatro euros e o valor será posteriormente doado a instituições de caridade. A cerimónia será transmitida em direto pelo canal de YouTube do Al Nassr.

Refira-se que a contratação de Cristiano Ronaldo já está a mexer com os direitos televisivos da liga saudita, detidos pela empresa Saudi Sports Channels, que já estará a negociar a venda dos direitos dos jogos do Al Nassr para muitas televisões mundiais.

O jogador viajou já esta segunda-feira para a Arábia Saudita juntamente com a família. E por volta da hora do almoço publicou uma storie no Instagram.”Vemo-nos em breve, pessoal”, disse através de um pequeno vídeo. A estreia pode acontecer já na quinta-feira, frente ao Al-Tai treinado pelo português Pepa.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.