Comércio entre Brasil e EUA atinge a pior marca dos últimos 11 anos

Correio do Pantanal

22 jan 2021 às 23:06 hs
Comércio entre Brasil e EUA atinge a pior marca dos últimos 11 anos

.

Foto: AFP / Zacharias Abubeker
Exportações dos EUA ao Brasil podem crescerCredit…Foto: AFP / Zacharias Abubeker

Por Jornal do Brasil

O intercâmbio comercial entre Brasil e Estados Unidos atingiu total de US$ 45,6 bilhões (cerca de R$ 249,9 bilhões) queda de 23,8% em relação a 2019. É o pior resultado desde a crise financeira de 2009.

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter cumprimentado Joe Biden pela eleição nos EUA e mencionado a importância de uma relação “longa e sólida” com os Estados Unidos, o Monitor de Comércio Brasil-EUA apresentou dados nessa quinta-feira (21), divulgados pela AmCham, sobre o intercâmbio comercial entre Brasil e Estados Unidos.

Os efeitos negativos provocados pela pandemia de covid-19 e a queda do preço internacional do petróleo foram os fatores que mais contribuíram para a contração das trocas bilaterais no ano passado. Tanto as exportações quanto as importações sofreram grande impacto em 2020. O fluxo de comércio, que é a soma de exportações com importações, de US$ 45,6 bilhões (cerca de R$ 249,9 bilhões), caiu 23,8% em relação a 2019. Este foi o menor resultado deste a crise financeira de 2009.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.