Temer deve deslocar Jungmann da Defesa para Segurança

Correio do Pantanal

26 fev 2018 às 09:43 hs
Temer deve deslocar Jungmann da Defesa para Segurança

NOTICIAS AO MINUTO

© Ueslei Marcelino / Reuters

Palácio do Planalto acredita que o nome do ministro Raul Jugmann seja bem aceito pelos governadores do país e que facilite a aprovação da nova pasta para criação do Ministério da Segurança Pública, por meio de medida provisória, pelo Congresso Nacional.

O presidente Michel Temer chegou a avaliar os nomes do ex-secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro José Beltrame e do ex-ministro da Defesa Nelson Jobim para a nova pasta, mas optou por deslocar Jugmann. O anúncio deve ser feito nesta segunda-feira (26).

De acordo com a coluna Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, o general Joaquim Silva e Luna, atual secretário-geral da pasta, irá assumir o lugar de Jungmann. Ele foi chefe do Estado Maior do Exército e é general do Exército da reserva.

Em reunião na noite de omingo (25), no Palácio do Jaburu, Temer ressaltou que o texto da medida provisória irá vincular à nova pasta o comando da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária, Força Nacional e do Departamento Penitenciário.

De acordo com a Folha de S. Paulo, serão instituídos ainda mais dez cargos: um secretário-executivo e nove assessores ministeriais. O restante será transferido do Ministério da Justiça. A criação da pasta faz parte de estratégia do presidente de se viabilizar eleitoralmente para uma reeleição neste ano.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: