Rodrigo Pacheco vence disputa com Simone Tebet e é eleito presidente do Senado
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

2 fev 2021 às 20:46 hs
Rodrigo Pacheco vence disputa com Simone Tebet e é eleito presidente do Senado

IstoÉ

Deputados e senadores se reuniram nesta segunda-feira (1º) para eleger os presidentes da Câmara e Senado. A votação começou primeiro no Senado com a disputa entre Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Simone Tebet (MDB-MS).

Por 57 votos a 21, Pacheco venceu a eleição e será o presidente do Senado pelos próximos dois anos. O deputado substitui o companheiro de partido Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Pacheco contou com o apoio de 10 partidos, além do atual presidente do Senado e do presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido). Em seu primeiro mandato como senador, Rodrigo é natural de Porto Velho, em Rondônia, mas foi eleito por Minas Gerais, local onde a família do parlamentar possui empresas do ramo de transporte rodoviário.

Major Olimpio (PSL-SP), Jorge Kajuru (Cidadania-GO) e Lasier Martins (Pode-RS) foram outros senadores que se lançaram para o cargo de presidente do Senado. No entanto, retiraram a candidatura e optaram por apoiar Simone Tebet.

Vale lembrar que o Senado é composto por 81 senadores, dos quais apenas 78 votaram para eleger o novo presidente da casa. Por conta da pandemia, 65 senadores votaram em plenário, já os outros 13 senadores usaram urnas na Chapelaria e Salão Azul.

A eleição da Câmara deve começar no início desta noite. Arthur Lira (PP) e Baleia Rossi (MDB) disputam a presidência da casa, que hoje é gerida por Rodrigo Maia (DEM-RJ). print Post Views: 114

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: