Ajuda econômica é bem-vinda, diz embaixador do Brasil nos EUA sobre plano de Biden para Amazônia

Correio do Pantanal

27 out 2020 às 20:29 hs
Ajuda econômica é bem-vinda, diz embaixador do Brasil nos EUA sobre plano de Biden para Amazônia

27 outubro 2020, 07:32 -03Atualizado 27 outubro 2020, 08:32 -03

Nestor Forster durante sabatina no Senado
Legenda da foto,Nestor Forster durante sabatina no Senado

Qualquer iniciativa internacional que traga recursos para o desenvolvimento sustentável da Amazônia e ajude a remunerar quem preserva a floresta é bem-vinda, desde que o Brasil mantenha liderança sobre discussões.

É esta a avaliação do embaixador do Brasil em Washington, Nestor Forster, quando questionado sobre a proposta do candidato democrata Joe Biden de destinar US$ 20 bilhões para investimentos e proteção da Amazônia, durante o primeiro debate presidencial dos EUA.

Em entrevista à BBC News Brasil, o chefe da diplomacia brasileira nos EUA diz que países ricos “têm dívida muito grande com o Brasil” e que um dos desafios na Amazônia é “remunerar quem contribui para a preservação da floresta”.

“Isso tem um custo, obviamente”, ressalta o diplomata, acrescentando que “há interesse em captar recursos que permitam o desenvolvimento sustentável na região da Amazônia” e que “se colocado à mesa, tema deve ser examinado de forma concreta” em um eventual governo Biden.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: