Bolsonaro quebra barreiras e prova que reforma agrária é prioridade do governo

Correio do Pantanal

12 maio 2021 às 19:22 hs
Bolsonaro quebra barreiras e prova que reforma agrária é prioridade do governo

Presidente desembarca nesta sexta-feira em Campo Grande para visitar assentamentos rurais em Terenos. 

 12/05/2021 – 15h16

Campo Grande

O deputado Coronel David (sem partido) (Foto: Divulgação )

A vinda de Jair Bolsonaro (sem partido) ao Mato Grosso do Sul na sexta-feira (14) é mais uma prova de que o chefe do Executivo Nacional é um presidente diferente e governa para todos os brasileiros, bem como, realiza suas ações sem viés ideológico e as coloca como prioridade.

A opinião é do deputado estadual Coronel David (sem partido), que falou sobre a visita de Bolsonaro, durante entrevista de rádio, na manhã desta quarta-feira (12), em Campo Grande. Aliado político e amigo pessoal do presidente, o parlamentar estará ao lado de Bolsonaro no assentamento Santa Mônica no

município de Terenos.

“O presidente mostra de forma decisiva, com o apoio da ministra Tereza Cristina e do nosso Incra, que muita coisa está sendo feita em um setor que muitos imaginavam que era de propriedade exclusiva da esquerda e do partido que a representa. E quem está fazendo isso, de forma séria e responsável, não permitindo situações vivenciadas no passado, é o governo de Jair Bolsonaro”, disse.

O deputado disse ainda que na sexta-feira, todos poderão ver a concretização do sonho de muitas pessoas que querem trabalhar nas suas terras, querem contribuir com a economia do Estado e darem um futuro melhor às suas famílias e será possível através da entrega desses títulos de propriedade.

“Eu quero estar lá para ver isso, nós que estamos na política sempre temos que colocar a população como prioridade, e vendo estas ações do Governo Federal, que muitos pensam estar distante da população, é

gratificante e mostra que o presidente vem sempre quebrando essa barreira, mostrando que é um governo que tem atenção com todos e não olha a ideologia da pessoa, todos nós somos brasileiros e todos têm o

direito de ser bem tratados e olhados com carinho pelo governo”, afirma.

Anticorrupção

Sobre Bolsonaro, o Coronel David o elogiou destacando seu bom caráter como um político que é contra toda espécie de corrupção.

“Eu que já o conhecia e tinha essa liberdade de estar com ele, sabia que ele seria desse jeito e ainda bem que ele (Bolsonaro) não mudou, manteve as características, a personalidade de forma intocável, às vezes fala alguma coisa que alguém não gosta de ouvir, mas se mantém firme no seu propósito de banir a corrupção do seio do governo, não rouba o nosso dinheiro e nem deixa roubar, e essa é uma característica do presidente”, afirma.

Em breve

O Coronel David estará presente na solenidade de entrega de títulos da reforma agrária em Terenos, juntamente com outras autoridades do Estado.

Ele acompanhará Bolsonaro durante a agenda e em seguida o chefe da nação voltará para Brasília para cumprir compromisso público.

“Infelizmente estávamos esperando que o presidente ficasse mais tempo, mas por conta de um compromisso em Brasília, ele, tão logo termine o evento em Terenos, voltará para a Base Aérea e segue viagem de retorno.

Eu já fiz o pedido para que ainda esse ano ele possa voltar a Mato Grosso do Sul para visitarmos as cidades que pedem a vinda dele para que ele possa interagir com as pessoas. Com certeza, ele é um presidente diferente, uma pessoa que não mudou”, disse.

O deputado completou sua fala afirmando que, no entanto, outras pessoas mudam e esquecem quem as ajudou. 

“Tem alguns, inclusive, que esquecem, acham que elas ganharam sozinhas, desprezam seus apoiadores e depois vem pedir voto para as pessoas e apoio. Mas a população com o fortalecimento

das redes sociais, sabe muito bem quem é que trabalha efetivamente em sua defesa e quem quer enganar a todos”, finalizou.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.