Bolsonaro diz que 7 de Setembro será ultimato aos que descumprem Constituição

Correio do Pantanal

5 set 2021 às 20:07 hs
Bolsonaro diz que 7 de Setembro será ultimato aos que descumprem Constituição

Presidente tem atacado os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do STF, acusando-os de exceder os limites constitucionais

 03/09/2021 – 14h51

De Brasília 

Presidente Bolsonaro (Foto: )

O presidente Jair Bolsonaro disse que as manifestações de seus apoiadores no feriado da Independência, na próxima terça-feira, 7, serão um “ultimato” para aqueles que, segundo o presidente, descumprem a Constituição.

Em cerimônia em Tanhaçu, na Bahia, para assinatura de contrato de concessão da Ferrovia Integração Oeste Leste (Fiol), Bolsonaro disse que o recado das manifestações visará duas pessoas, que ele não citou os nomes, e que servirá para fazer com que elas se curvem à Constituição.

O presidente tem atacado frequentemente os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, acusando-os de exceder os limites constitucionais.

Moraes conduz inquéritos que investigam Bolsonaro e aliados, enquanto Barroso, que também é presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), se opõe ao voto impresso para urnas eletrônicas, uma das principais bandeiras do chefe do Executivo.

No discurso, Bolsonaro disse que atuará dentro das quatro linhas da Constituição, mas que saberá agir para, segundo ele, fazer valer a vontade do povo, caso entenda que outras pessoas descumpriram o texto constitucional.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.