Ascensão do Senhor – “Ide e Evangelizai”

Correio do Pantanal

12 maio 2021 às 18:40 hs
Ascensão do Senhor – “Ide e Evangelizai”

Ascensão do Senhor – “Ide e Evangelizai”
Evangelho – Marcos 16:15-20


15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; mas
quem não crer será condenado. 17 E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios;
falarão novas línguas; 18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e
porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão. 19 Ora, o Senhor, depois de lhes ter falado, foi recebido no céu, e
assentou-se à direita de Deus. 20 E eles, tendo partido, pregaram por todas as partes, cooperando com eles o Senhor,
e confirmando a palavra com os sinais que se seguiram. Palavra da Salvação – Glória a Vós, Senhor!
MENSAGEM – Celebramos hoje a festa da ASCENSÃO do Senhor. O fato faz parte do Mistério pascal de Cristo. Não
deve ser interpretado ao pé da letra, como uma reportagem histórica, mas como uma encenação literária de um dado
da fé: termina a missão terrena de Jesus e inicia a missão da Igreja. Na 1 a Leitura, temos o Início dos Atos dos
Apóstolos. (At 1,1-11) Esse livro pretende mostrar, que os ensinamentos e ações de Jesus continuam nos
ensinamentos e nas ações da Comunidade cristã… 40 dias: É um número simbólico, catequético… É o tempo
necessário para um discípulo aprender e repetir as lições do mestre. Numa refeição: num contexto de intimidade e
comunhão… Recomendações: Ficar em Jerusalém… aguardando o Espírito Santo… MISSÃO: “Sereis minhas
testemunhas em Jerusalém…, Judéia, Samaria e até os confins da terra…” “Elevou-se… e uma nuvem o
encobriu…”: Exprime o Mistério de Deus presente e escondido aos olhos do povo. ANJOS: convidam os discípulos
não ficar de braços cruzados, olhando para o céu, mas descer seguir o caminho de Jesus. Lucas não tem a intenção
de fornecer informações sobre o lugar, a forma e o tempo da ascensão…., (há contradições…) mas lembrar o
compromisso missionário, que a Igreja recebeu de Cristo. Lucas faz desse acontecimento um divisor de águas. Com
a Ascensão, termina o seu Evangelho e iniciam os Atos dos Apóstolos. São duas etapas diferentes da História da
Salvação. A Ascensão não é uma despedida, mas uma nova presença do Mestre, que se manifesta mediante sinais
da missão evangelizadora dos discípulos. O Projeto de salvação e de libertação de Jesus passou para as mãos da
Igreja, animada pelo Espírito. Na 2ª Leitura, Paulo vê na Ascensão a glorificação de Cristo e o anúncio do retorno de
toda a humanidade a Deus. (Ef 1,17-23) O Evangelho apresenta a Missão dos discípulos no mundo, após a partida
de Jesus ao encontro do Pai. (Mc 16, 15-20) O texto é um acréscimo posterior ao evangelho de Marcos. É um
resumo das aparições de Jesus e da Missão da Comunidade cristã. Narra TRÊS CENAS: 1) Jesus ressuscitado
define a MISSÃO dos Discípulos. Os Destinatários: A Missão é UNIVERSAL: “Ide por todo o mundo… O
Conteúdo do anúncio: “Pregai o Evangelho a toda a criatura”. A Palavra EVANGELHO na boca de Jesus, designa o
anúncio do Reino que suscita a fé e o acolhimento da salvação. Para as comunidades cristãs, é o anúncio de um
ACONTECIMENTO: Em Jesus Cristo, Deus veio ao encontro dos homens, manifestou-lhes o seu amor, inseriu-os na
sua família, convidou-os a integrar a comunidade do Reino, ofereceu-lhes a vida definitiva. O anúncio do
“Evangelho” obriga os homens a uma opção. Quem aderir à proposta de Jesus chegará à vida plena e definitiva. A
obra missionária será acompanhada de Sinais, que atestarão autenticidade e continuidade da ação libertadora do
Mestre: Expulsarão demônios, falarão novas línguas, resistirão ao veneno das serpentes, curarão doentes impondo
as mãos. 2) Jesus PARTE ao encontro do PAI. Jesus sobe ao céu e senta-se à direita de Deus: Mostra a soberania
de Jesus, como Senhor da História e do Universo… Não é o afastamento de Cristo, mas uma nova presença no
mundo. 3) Os discípulos PARTEM ao encontro do MUNDO: a fim de concretizar a missão que Jesus lhes confiou.
“Os discípulos então partiram e pregaram por toda a parte…” Na ação missionária, os discípulos não estão
sozinhos… O Senhor os ajudava e confirmava sua palavra pelos sinais”. A Igreja é essencialmente uma comunidade
missionária, cuja missão é testemunhar no mundo a proposta de Salvação e Libertação de Cristo. A Ascensão de
Jesus nos faz lembrar: A nossa ascensão: “Ele subiu não para se afastar da nossa humanidade, mas para nos dar
a esperança de que um dia…, iremos ao seu encontro, onde ele nos precedeu…” (Prefácio) A nossa vocação
missionária: A Igreja é uma “Comunidade Missionária”, cuja missão é testemunhar no mundo a proposta de
salvação e de libertação, que Jesus veio trazer aos homens. E Nós, vivemos o ideal missionário, conscientes de
que na Igreja de Cristo, todo batizado é missionário?
Na mensagem para o 55º Dia Mundial das Comunicações Sociais, com o tema “Vem e Verás” (Jo 8,
32). “Comunicar Encontrando as pessoas como e onde estão”. Mantenhamos os olhos abertos para o mundo,
diz o Papa Francisco. Ir e Ver, constitui um movimento de encontro com a alteridade; “Gastar as solas do sapato”
impõem um caminho de saída. A comunicação Ir e Ver não trata de uma comunicação fotocópia, mas uma
comunicação autêntica a partir do ver como estão as pessoas, o que fazem (Trabalho) e, onde moram (Teto). Vida
concreta das pessoas que nunca se saberia o certo da real situação em que vivem sem ir e ver. Superar uma
comunicação de laboratório é o apelo do Papa Francisco….
Ir aonde ninguém vai. O jornalismo é um curioso e desejoso da verdade, como ela se encontra. Nesse sentido,
somos desafiados a buscar o encontro com os pobres, que o sistema sem escrúpulo de tê-los fabricado, os esconde.
Neste tempo de pandemia, muito temos a pensar o que precisamos aprender, nos impõem um ritimo especial de
vida, de oração e convivência e, cabe aos Meios de comunicação Social, e meios digitais usufruirmos de tamanha
criatividade para alcançar o coração e a mente das pessoas, onde se encontram e no estado de vida que celebram.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.