Ancelotti pede ‘tolerância zero’ com racismo após novas ofensas a Vini Jr.

Correio do Pantanal

2 jan 2023 às 19:04 hs
Ancelotti pede ‘tolerância zero’ com racismo após novas ofensas a Vini Jr.

NOTICIAS AO MINUTO

Técnico de Vinícius Júnior no Real Madrid, Carlo Ancelotti pediu “tolerância zero” com racismo no futebol. Durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira, o treinador falou sobre o novo ataque racista sofrido pelo atacante brasileiro, ofendido durante a vitória sobre o Valladolid, no último sábado, no José Zorrilla Stadium, pela 15ª rodada do Campeonato Espanhol.

© Getty Images

“Não tenho qeu ter essas conversas com Vinicius porque isso é muito claro. Não falo de um tema que não tem que existir, o racismo e a xenofobia. É um problema da sociedade que não deveria existir. Para mim, a tolerância tem que ser zero nesse sentido”, disse o treinador.

O treinador não quis direcionar a sua indignação apenas ao caso envolvendo Vinicius Junior. Ancelotti lembrou que o racismo é algo cultural e precisa ser banido da sociedade. Ele pediu medidas para impedir que injúrias raciais continuem acontecendo.

“Não é um problema da LaLiga, mas sim geral e cultural. Para mim, a sociedade não tem a educação que deveria ter. Não focarei no Vinicius, na liga ou nas sanções. É preciso pensar em algo além. O racismo e a xenofobia são temas muito sérios”, completou.

Vinícius Júnior criticou a LaLiga após sofrer novos insultos raciais no Campeonato Espanhol. Na visão do jogador, a entidade deveria se esforçar mais para coibir o racismo em seu campeonato, já que não é a primeira vez que é alvo de torcedores adversários.

A LaLiga respondeu de forma ríspida. Ao mesmo tempo que afirmou estar investigando o caso, pediu para o jogador mais conhecimento nas medidas adotadas pela entidade para combater o racismo e disse que o comentário dele foi “injusto”.

O Valladolid também se pronunciou e se colocou à disposição da LaLiga para achar os envolvidos. Vinícius Júnior chegou a ser chamado de “macaco” e “negro de …”. Dono do clube, Ronaldo Fenômeno não se pronunciou.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.