Presidente interina da Bolívia promulga lei para convocar eleições
  • No Banner to display

  • celular

Correio do Pantanal

24 nov 2019 às 17:58 hs
Presidente interina da Bolívia promulga lei para convocar eleições

A Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade o projeto de lei de emergência para acelerar a convocação de novas eleições, que anula as eleições de 20 de outubro e proíbe qualquer pessoa que tenha cumprido dois mandatos de concorrer a um terceiro.

Jeanine Áñez deverá promulgar lei para novas eleições, aprovada por unanimidade na Câmara dos Deputados
Jeanine Áñez deverá promulgar lei para novas eleições, aprovada por unanimidade na Câmara dos Deputados, ainda este domingo © REUTERS/Luisa Gonzalez

Lusa

APresidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, confirmou que vai promulgar hoje a lei para a realização de novas eleições, depois de o projeto ter sido aprovado, no sábado à noite, na Câmara dos Deputados.

“Quero agradecer aos nossos parlamentares por terem compreendido e escutado as exigências do povo boliviano”, afirmou Áñez, num vídeo publicado na rede social Twitter.

A Presidente interina indicou que vai promulgar o diploma às 10:00 (14:00 em Lisboa) de hoje.

Após seis horas de debate, a Câmara dos Deputados aprovou, no sábado à noite, por unanimidade, um projeto de lei de emergência para acelerar a convocação de novas eleições, submetendo de seguida o texto ao Governo provisório.

O projeto de lei já havia sido aprovado, no mesmo dia, no Senado, que depois o encaminhou à Câmara dos Deputados.

A lei surge de um consenso entre os deputados do Movimento ao Socialismo (MAS), com maioria na Assembleia Legislativa, e os partidos de oposição Unidade Democrática (de onde emergiu a Presidente interina) e o Partido Democrata Cristão.

A lei aprovada anula as eleições de 20 de outubro e proíbe qualquer pessoa que tenha cumprido dois mandatos de concorrer a um terceiro, deixando de fora a possibilidade de candidatura do ex-Presidente Evo Morales, que já cumpriu três termos presidenciais, desde 2006.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: