Além da fiscalização intensa, Vigilância Sanitária tem de combater fake news em Coxim

Correio do Pantanal

2 maio 2021 às 20:51 hs
Além da fiscalização intensa, Vigilância Sanitária tem de combater fake news em Coxim

Sheila ForatoImprimirFoto: Reprodução

Foi o que aconteceu na noite desta sexta-feira (30), o whatsapp do plantão recebeu a informação de que estaria acontecendo um lual em Coxim. A denunciante passou o endereço e enviou foto de pessoas aglomeradas, porém, quando a fiscalização chegou o lugar estava vazio.

Há pouco mais de um ano a Vigilância Sanitária de Coxim vem se desdobrando no combate à pandemia de Coronavírus (Covid-19). Como se essa rotina exaustiva fosse pouco, as equipes estão tendo de combater fake news, ou seja, perdendo tempo e gastando dinheiro público para “fiscalizar” denúncias infundadas.

O mesmo lual foi denunciado em outro endereço, mais uma fake news. O próprio gerente de Vigilância Sanitária, Luiz Eduardo dos Santos, tem participado da fiscalização. Ele afirmou que neste sábado (1º) a equipe da Vigilância Sanitária estará nas ruas, mais uma vez, e vai percorrer pelo menos três pontos onde o lual costuma ser realizado.

É importante frisar que em locais de grandes aglomerações a Polícia Militar também pode ser ser acionada através do 190, uma vez a Vigilância Sanitária trabalha com uma equipe pequena e não tem condições de combater sem a ajuda policial.

Coxim está na bandeira laranja do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança da Economia) e o toque de recolher começa às 22 horas, com término às 5 horas. O comércio está funcionando dentro de regras estabelecidas por decretos e as vacinas estão sendo aplicadas, aos poucos.Locais denunciados estavam vaziosUm deles é a frente do Sindicato Rural

É preciso que a população continue cuidando da higiene das mãos, usando máscaras e obedecendo as regras impostas à cada segmento para que a vida volte a normalidade. Atualmente, Coxim tem 87 casos ativos de Coronavírus e 31 suspeitos. Os óbitos são 58. Dos 2.359 que se infectaram 2.214 já estão curados.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.