Venezuela nega responsabilidade pelo petróleo derramado na costa brasileira

Correio do Pantanal

11 out 2019 às 05:46 hs
Venezuela nega responsabilidade pelo petróleo derramado na costa brasileira
Petróleo em praia
Image captionPetróleo chega em praia de Sergipe, no Nordeste do Brasil

Autoridades da Venezuela rechaçaram nesta quinta-feira (10/10) afirmações do governo brasileiro sobre o derrame de petróleo que atinge o Nordeste do Brasil.

A Venezuela emitiu uma nota afirmando que as declarações do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, de que o óleo encontrado na costa brasileira foi extraído na Venezuela, são “infundadas” e “tendenciosas”.

Em audiência na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável na Câmara dos Deputados, Salles afirmou que uma análise apontou que o petróleo encontrado na costa brasileira indica que a origem provavelmente é venezuelana.

“Esse petróleo que está vindo muito provavelmente é da Venezuela, como disse o estudo do Petrobras. É um petróleo que vem de um navio estrangeiro, ao que tudo indica, navegando perto da costa brasileira, com derramamento acidental ou não”, disse na quarta-feira.

A estatal Petróleos da Venezuela SA (PDVSA) afirmou por meio de nota que “não há evidências de vazamento de petróleo cru nos campos petroleiros da Venezuela que pudessem ter gerado danos ao ecossistema marinho do país vizinho”.nullTalvez também te interesse

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: