Avião cai na República do Congo e faz pelo menos 23 mortos

Correio do Pantanal

24 nov 2019 às 17:56 hs
Avião cai na República do Congo e faz pelo menos 23 mortos

As equipas de socorro estão no local e o número de vítimas pode aumentar nas próximas horas. Um funcionário do aeroporto acredita que não haverá qualquer sobreviventes entre as 19 pessoas que seguiam no voo.

A pequena aeronave do tipo Dornier tinha como destino a cidade de Beni
A pequena aeronave do tipo Dornier tinha como destino a cidade de Beni© Twitter

Pelo menos 23 pessoas morreram este domingo após a queda de um avião sobre um bairro da cidade de Goma, no leste da República Democrática do Congo (RDCongo), informaram a companhia aérea e autoridades locais.

Contabilizamos “23 corpos até ao momento”, indicou o coordenador da proteção civil de Goma, Joseph Makundi, em declarações à Agência France Presse (AFP). Um funcionário do aeroporto de Goma, Richard Mangolopa, já tinha afirmado esta manhã que estavam a bordo do avião 19 pessoas, entre as quais 17 passageiros e dois tripulantes.

O avião privado, que pertencia à empresa congolesa Busy Bee, caiu após a descolagem sobre um bairro densamente povoado da cidade de Goma.

“Havia 17 passageiros a bordo e dois tripulantes e o avião teria descolado por volta das 09:00/09:10, horário local (07:00/07:10 em Lisboa)”, disse à AFP Héritier Said Mamadou, responsável pelas reservas da empresa.

O avião privado, que pertencia à empresa congolesa Busy Bee, caiu após a descolagem sobre um bairro densamente povoado da cidade de Goma. A pequena aeronave do tipo Dornier tinha como destino a cidade de Beni, que fica a 350 quilómetros ao norte de Goma, de acordo com um funcionário da empresa aérea.

A administração da companhia aérea aguarda os resultados de uma análise técnica realizada por uma equipa de campo.

A Busy Bee é uma empresa recente que possui três aeronaves para as regiões de Beni e Butembo, na província do Kivu do Norte.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.

%d blogueiros gostam disto: