Picolezeiro é preso por suspeita de abusar sexualmente de menino de 2 anos

Correio do Pantanal

14 out 2018 às 22:15 hs
Picolezeiro é preso por suspeita de abusar sexualmente de menino de 2 anos

Moradores de bairro tentaram linchar o suspeito após o crime

Por GLAUCEA VACCARI – Correio do Estado
Vendedor de picolé, de 25 anos, foi preso por suspeita de abusar sexualmente de um menino de 2 anos, em Corumbá. O caso aconteceu na tarde de ontem.De acordo com o site Diário Corumbaense, o homem parou em frente a casa da vítima para fazer uma venda e, quando a mãe da criança entrou na residência para pegar dinheiro, ele se aproveitou para cometer o abuso.

Quando a mulher saiu da casa, viu que o homem estava colocando de volta a calça e a criança apontou para a boca, indicando o que havia acontecido.

A mulher gritou por socorro e o suspeito fugiu, sendo alcançado e detido por moradores até a chegada da Polícia Militar. Revoltadas, algumas pessoas tentaram linchar o vendedor, que teve lesõe no braço direito, testa e boca.

Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde negou as acusações. O menino foi encaminhado para atendimento médico e, em seguida, a mulher também foi à delegacia, onde registrou a ocorrência.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.