Subvariantes da Ômicron podem evitar imunidade de infecções passadas
  • piramide

Correio do Pantanal

2 maio 2022 às 09:37 hs
Subvariantes da Ômicron podem evitar imunidade de infecções passadas

NOTICIAS AO MINUTO

© Shutterstock

Um grupo de cientistas da África do Sul descobriu que existem duas novas subvariantes da Ômicron que podem ser capazes de evitar anticorpos de infecções anteriores. Os investigadores temem que isso possa vir a desencadear uma nova onda de Covid-19, ainda que menos grave em pessoas vacinadas contra o SARS-CoV-2. 

De acordo com  a Reuters, cientistas de diversas instituições daquele país se encontram examinando as subvariantes BA.4 e BA.5 da Ômicron, adicionadas à lista oficial da Organização Mundial de Saúde. Foram recolhidas amostras de sangue de 39 indivíduos previamente infectados pela Ômicron assim que a variante foi detectada, pela primeira vez, no final de 2021. Quinze deles estavam vacinados – oito com a vacina da Pfizer e sete com a da Janssen– enquanto os restantes 24 não tinham sido vacinados. “O grupo vacinado demonstrou uma capacidade de neutralização cerca de cinco vezes maior e estará mais protegidos”, aponta o estudo.

Nas amostras de pessoas não vacinadas, os cientistas verificaram uma quebra de quase oito vezes na produção de anticorpos quando estas foram expostas às subvariantes BA.4 e BA.5, em comparação com a estirpe original BA.1 da Ômicron. O sangue das pessoas vacinadas mostrou essa diminuição em até três vezes.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.