Sanita de ouro encontrada em mansão de polícia corrupto na Rússia

Correio do Pantanal

22 jul 2021 às 06:08 hs
Sanita de ouro encontrada em mansão de polícia corrupto na Rússia
Mansão de luxo na Rússia de polícia ligado a esquema de corrupção
Mansão de luxo na Rússia de polícia ligado a esquema de corrupçãoFoto: Telegram

Patrícia MartinsOntem às 14:19

Uma sanita de ouro e outros elementos de luxo foram encontrados numa mansão na Rússia, que era usada pelo chefe de um grupo de polícias corruptos que emitia licenças falsas para empresas.

Mansão de luxo na Rússia de polícia ligado a esquema de corrupção
Mansão de luxo na Rússia de polícia ligado a esquema de corrupçãoFoto: Telegram

Segundo a Agência Anticorrupção da Rússia, as forças policiais entraram em várias propriedades, encontrando vários artigos de luxo, numa operação que deteve o chefe da polícia de trânsito da cidade de Stavropol, Alexei Safonov, e outras seis pessoas.

Os detidos são acusados de emitirem licenças falsas em troca de dinheiro, que permitia que vários motoristas, que transportavam cargas não autorizadas de materiais de construção, passassem por pontos de controlo da polícia livremente.

Alexander Khinshteyn, deputado do partido político pró-Kremlin Rússia Unida, referiu na rede social Telegram, que a operação conseguiu deter mais de 35 polícias de trânsito da região, acrescentando que “um verdadeiro grupo de máfia tem operado na cidade de Stavropol, lucrando com operações de vendas de matrículas no mercado negro e autorizações de carga”.

1 / 1MOSTRAR LEGENDA

O Comité Investigativo da Rússia revelou ainda que vários agentes da polícia de toda a região a norte do Cáucaso estiveram envolvidos na operação que pretendia combater a corrupção, realizando 80 buscas a escritórios da polícia de trânsito, tendo também apreendido grandes quantidades de dinheiro e carros de luxo.

O serviço de investigação da Rússia apontou que o grupo de Alexei Safonov conseguiu arrecadar mais de dois milhões de dólares em subornos ao longo de vários anos.

1 / 5MOSTRAR LEGENDA

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.