PSD de Coxim pede cassação do mandato de vereadores com contas desaprovadas.

Correio do Pantanal

12 maio 2021 às 18:52 hs
PSD de Coxim pede cassação do mandato de vereadores com contas desaprovadas.

Share on whatsapp Share on facebook Share on twitter Share on print

O PSD – Partido Social Democrático de Coxim entrou com uma Representação Especial na 12 zona eleitoral de Coxim pedindo a cassação dos mandatos dos vereadores Ademir Peteca e Jefferson Aislan do Solidariedade, na ação o partido também incluiu a direção municipal do Solidariedade.

Conforme noticiado pelo Integração MS os vereadores tiveram suas contas de campanha reprovadas pela Justiça Eleitoral por uso irregular do FEFC e ainda estão recorrendo destas decisões. Entretanto, com base em uma ação que cassou o mandato do vereador Sandro Benites (Patriotas) da capital por uso indevido da cota feminina do FEFC o partido ingressou com a ação. No caso de Coxim a irregularidade seria o uso irregular da cota racial, destinada a candidatos negros.

Com a desaprovação das contas o PSD alegou que os vereadores eleitos e a chapa do Solidariedade valeu-se do uso irregular dos recursos para financiamento de campanha, caracterizando abuso do poder econômico pela indevida utilização de recursos públicos e pediu a cassação dos diplomas e a perda do mandato dos vereadores eleitos e a inelegibilidade dos mesmos e ainda a perda dos votos obtidos pelo partido Solidariedade nas eleições 2020.
r.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.