Primeiro satélite totalmente brasileiro, Amazônia 1 é lançado neste domingo na Índia

Correio do Pantanal

27 fev 2021 às 10:10 hs
Primeiro satélite totalmente brasileiro, Amazônia 1 é lançado neste domingo na Índia

Equipamento foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos, e levado para estação na Índia. O lançamento está previsto para às 1h54.

Por G1 Vale do Paraíba e Região

27/02/2021 08h00  Atualizado há 3 horas


Primeiro satélite totalmente brasileiro, Amazônia 1 é lançado neste domingo na Índia — Foto: Divulgação/Governo Federal

Primeiro satélite totalmente brasileiro, Amazônia 1 é lançado neste domingo na Índia — Foto: Divulgação/Governo Federalhttps://d5fc4d3b45e1bf08fac92cfc7b4ba2e4.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

O primeiro satélite completamente brasileiro, o Amazônia 1, será lançado na madrugada deste domingo (28). O equipamento foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos, e levado para a Índia, onde vai ser lançado. O satélite é o terceiro a formar o sistema Deter e vai auxiliar na observação e monitoramento do desmatamento na região amazônica.

O Amazônia 1 é o primeiro satélite observação terrestre completamente projetado e operado pelo Brasil. O projeto começou há oito anos e teve investimento de R$ 400 milhões e envolvimento de diversos pesquisadores.

O satélite tem quatro metros de comprimento e no espaço vai ficar a uma altitude 752 quilômetros. Em órbita, ele vai tirar fotos em alta resolução de todo o território nacional e terá órbita com rota entre os polos norte e sul.

Do espaço, o equipamento vai enviar sinal para três estações de monitoramento no Brasil. Uma em Cuiabá (MT), a outra em Alcântara (MA) e a terceira em Cachoeira Paulista (SP), e todos os movimentos do satélite serão coordenados de uma outra estação, que fica no Inpe, em São José dos Campos.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.