PRF apreende 29 toneladas de maconha em MS: maior número de 2021 e da história da unidade

Correio do Pantanal

8 fev 2021 às 21:47 hs
PRF apreende 29 toneladas de maconha em MS: maior número de 2021 e da história da unidade

Drogas estavam escondidas em carga de milho que foi apreendida na BR-267 em Rio Brilhante (MS).

Por Carlos da Cruz e João Pedro Godoy, G1MS e TV Morena

08/02/2021 16h59  Atualizado há 5 horas


Policiais apreenderam mais de 29 toneladas de maconha escondidas em carga de milho em Rio Brilhante (MS), a maior apreensão da história da PRF no Brasil — Foto: PRF/Divulgação

Policiais apreenderam mais de 29 toneladas de maconha escondidas em carga de milho em Rio Brilhante (MS), a maior apreensão da história da PRF no Brasil — Foto: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 29 toneladas de maconha na manhã desta segunda-feira (8), no km 295 da BR-267, próximo ao município de Rio Brilhante , a 161 quilômetros de Campo Grande. Segundo a assessoria da PRF, essa é a maior apreensão de maconha da história da unidade no Brasil e a maior do ano de 2021 entre todas as forças policiais no estado.

De acordo com o inspetor da PRF em Mato Grosso do Sul, Waldir Brasil, os policiais receberam informações de que, devido ao feriado de Carnaval, as demandas de grandes centros por drogas poderiam aumentar. Por isso, montaram pontos estratégicos de abordagem para tentar interceptar alguns desses carregamentos.

Na manhã desta segunda, os policiais de serviço abordaram um motorista que levava uma carga lícita de milho, tendo inclusive apresentado nota fiscal. Os agentes perceberam, no entanto, que o carregamento era da última quarta-feira (3), e estranharam a demora para realizar o frete. Por isso, decidiram vasculhar o veículo.

Dentro da carreta, estavam as mais de 29 toneladas de maconha, encobertas pela carga de milho. O caminhão, que possuía placas de Campo Grande, foi então levado para uma cerealista com estrutura para descarga e pesagem, sendo então retirado o milho do caminhão, tornando possível a pesagem da maconha.

O motorista, de 40 anos, não possuía passagens na polícia. Aos policiais, ele disse que o destino das drogas seria a cidade de Itapetininga, em São Paulo, e que receberia o caminhão utilizado no transporte como pagamento pelo serviço. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Tanto o homem, quanto a droga e a carreta foram encaminhados para a Polícia Federal em Dourados (MS).

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.