Presos suspeitos de invadir e furtar agência do Sicredi de Sonora

Correio do Pantanal

12 maio 2018 às 11:20 hs
Presos suspeitos de invadir e furtar agência do Sicredi de Sonora
Coxim Agora,
Foto: Whatsapp / Coxim Agora

Pelo menos três pessoas foram presas e um adolescente foi apreendido, entre a quinta-feira (10) e a noite desta sexta-feira (11), suspeitos de terem participado do arrombamento e furto da agência do Sicredi na rua Dr. Marcelo Miranda Soares, na região central de Sonora.

O crime aconteceu na madrugada do último domingo (06), os autores invadiram o prédio da cooperativa pelo telhado, desligaram todas as câmeras de segurança e furtaram o dinheiro que estava no cofre, terminais eletrônicos e caixas.

O delegado de Polícia Civil de Sonora Francis Flávio de Araújo encaminhou uma nota ao Coxim Agora informando como ocorreram as prisões de Ronaldo Sousa da Silva de 30 anos, Nalva Fonte de Lima, de 35 anos, Rafael José Correia, conhecido como “Rafinha” ou “Zé” e a apreensão de um menor de 15 anos.

As prisões foram realizadas através de um trabalho conjunto entre a Delegacia de Polícia Civil de Sonora, GARRAS (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Resgate a Assaltos e Sequestros), GCCO (Gerência de Combate ao Crime Organizado da Polícia Judiciária do Estado de Mato Grosso) e Polícia Federal.

Tudo teria começado após Nalva ter recebido pelo menos seis indivíduos em sua casa, na quinta-feira (03). Uma vez na cidade, o bando passou a estudar como iria invadir à cooperativa.

Nalva Fonte de Lima, acusada de ter dado suporte ao bando. (Foto: Whatsapp / Coxim Agora)
Ronaldo era condutor do veículo Fiat Uno, placas de Cuiabá (MT), ele ficou responsável pelo transporte e vigiar caso a polícia aparecesse, o motorista foi preso em Cuiabá, por volta de 22 horas de quinta-feira com o carro e R$2,800.00 em dinheiro que seria originário do furto, além de 62 munições de calibre 9mm, 01 munição de calibre .38 e 30 munições de calibre .40.

Em Sonora, os policiais realizaram a prisão de Nalva e de seu filho de 15 anos, mãe e filho são suspeitos de terem dado guarita a quadrilha. Dias antes, o menor havia tirado uma selfie e postado numa rede social vestindo uma camiseta que foi deixada no local do crime por um dos bandidos.

Com Nalva, a polícia encontrou várias ferramentas utilizadas no furto, munições de calibre .38, uma espingarda adaptada e R$ 28.458,00 em dinheiro. Nalva e o filho confessaram que ajudaram os bandidos e o dinheiro apreendido seria pelo “serviço” prestado.

Na noite desta sexta-feira, o GARRAS de Cuiabá prendeu Rafael Correia, todos os envolvidos possuem passagens pela polícia.

A polícia procura agora Cleverson França dos Santos, conhecido como “Hulk”, que já foi identificado como suspeito.

Camiseta que o adolescente tirou selfie e foi deixada por um dos integrantes do bando no local do furto. (Foto: Whatsapp / Coxim Agora)
Veículo utilizado na ação. (Foto: Whatsapp / Coxim Agora)
Ferramentas utilizadas no crime (Foto: Whatsapp / Coxim Agora)
Cleverson França dos Santos, conhecido como “Hulk” se encontra foragido. (Foto: Whatsapp / Coxim Agora)
ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.