Polícia Civil fecha boca de fumo, prende suspeito e apreende entorpecente em Coxim

Correio do Pantanal

25 fev 2021 às 22:10 hs
Polícia Civil fecha boca de fumo, prende suspeito e apreende entorpecente em Coxim

Ao ser abordado pelos policiais civis em atitude suspeita perto de sua casa, Oliveira acabou engolindo uma paradinha de pasta base.

Edição MSImprimirFoto: EMS

A Polícia Civil, com apoio de agentes da Polícia Científica, fechou uma boca de fumo no final da noite desta terça-feira (21), na rua Frederico Lemos Arruda, no bairro Mendes Mourão em Coxim. Um suspeito de praticar tráfico de drogas foi preso e 33 paradinhas de pasta base foram apreendidas.

Há aproximadamente 15 dias, os agentes do SIG (Serviço de Inteligência Geral) e da Polícia Científica estavam monitorando a intensa movimentação na casa de Kaio Henrique de Oliveira, de 19 anos, que segundo denúncias funcionava como uma boca de fumo.

Ao ser abordado pelos policiais civis em atitude suspeita perto de sua casa, Oliveira acabou engolindo uma paradinha de pasta base. Durante uma revista pessoal, foram encontrados R$ 62 em dinheiro trocado e um celular, que a todo o momento recebia chamadas de usuários em busca de entorpecentes.

Diante da suspeita de tráfico, os policiais foram até a casa de Oliveira onde encontraram 33 paradinhas de pasta base escondidas dentro de um pote de plástico. Com o flagrante, o jovem acabou confessando que vende drogas desde a adolescência.

Oliveira foi preso e encaminhado, juntamente com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil onde foi autuado em flagrante, pela Delegada Silvia Elaine Girardi dos Santos Menck , por tráfico de drogas.

Por ter engolido a droga, o traficante foi levado para o Hospital Regional Álvaro Fontoura e em seguida foi encaminhado para o Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, onde permanecerá à disposição da Justiça.Foto: EMS

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.