Polícia Civil apreende drogas e prende suspeito de tráfico no Santa Maria, em Coxim

Correio do Pantanal

25 fev 2021 às 22:07 hs
Polícia Civil apreende drogas e prende suspeito de tráfico no Santa Maria, em Coxim

Da redação/SFImprimirFoto: Divulgação/PC

A Polícia Civil prendeu um jovem por tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (24), no bairro Santa Maria, em Coxim. Kaio Henrique de Oliveira, de 25 anos, foi preso em sua residência, na rua Maria de Figueiredo, onde os policiais encontraram 23 paradinhas de pasta base de cocaína, prontas para serem comercializadas.

No local a polícia também recolheu objetos suspeitos, que podem ter sido usados no preparo do entorpecente, além de R$ 420,00. Sete celulares e uma televisão foram apreendidas, pois o suspeito não comprovou as aquisições e tampouco informou a procedência.

A Polícia Civil acredita que os aparelhos são furtados e foram deixados na boca de fumo a troco de drogas. As pessoas que reconhecerem os celulares, assim como a televisão, podem procurar a delegacia de Coxim, de preferência com notas fiscais, para ter os bens restituídos.

Oliveira foi preso depois que os investigadores abordaram um usuário na avenida Mato Grosso do Sul. O homem de 33 anos portava três paradinhas e informou que tinha acabado de comprar na boca de fumo do jovem, pagando R$ 50,00 pela pasta base.

Depois da abordagem, a equipe partiu para a casa do suspeito. No bolso de Oliveira os policiais encontraram a nota de R$ 50,00 e as 23 paradinhas, embaladas com o mesmo plástico das encontradas com o usuário.

Essa já é a terceira vez que Oliveira é preso por tráfico de drogas. Em janeiro de 2018 ele foi acusado de abastecer traficantes menores. Já em 2014 a polícia encontrou 33 paradinhas em sua casa, oportunidade em que o jovem confessou que vendia entorpecentes desde a adolescência. Segundo a polícia, ele estava evadido do sistema prisional.

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.