Polémica de falsa vacinação no Brasil em que o líquido não foi injetado

Correio do Pantanal

15 fev 2021 às 16:50 hs
Polémica de falsa vacinação no Brasil em que o líquido não foi injetado

Detetadas no estado do Rio de Janeiro situações em que a seringa estava vazia ou o líquido não foi injetado

Polémica de falsa vacinação no Brasil em que o líquido não foi injetado
© EPA/MASSIMO PERCOSSI

DN15 Fevereiro 2021 — 17:53

No estado brasileiro do Rio de Janeiro, familiares de três idosos registaram imagens em que se via que a agulha tinha sido aplicada sem líquido.

Em Niterói, na zona oeste, a agulha tinha sido inserida num idoso, mas o líquido não foi injetado. Em Petrópolis, na zona serrana, um profissional de saúde injetou uma idosa com uma seringa, mas esta encontrava-se vazia. E no Rio, a dose também não foi devidamente aplicada.

A vacinação destes idosos foi gravada em vídeo por familiares, que quiseram captar o momento que se julgava comemorativo. No entanto, ao rever as imagens, deram conta de que algo estava errado.https://www.youtube.com/embed/djsgPgrzOGQ?enablejsapi=1&origin=https%3A%2F%2Fwww.dn.pt&widgetid=1

Em consequência desta polémica, foram afastadas técnicas de enfermagem de Niterói e de Petrópolis, anunciou a prefeitura.

Nestes três casos, os idosos acabaram por ser devidamente vacinados mais tarde.

As autoridades confirmaram as irregularidades na vacinação e a secretaria municipal de Saúde do Rio recomendou que, em caso de dúvida sobre a aplicação, os familiares questionem imediatamente os profissionais de saúde.

A situação já havia ocorrido em, pelo menos, outros três pontos do país: Goiânia, Maceió e Salto. Neste último caso, no interior de São Paulo, a própria profissional de saúde apercebeu-se do caso.https://www.youtube.com/embed/b7sVHC8zMts?enablejsapi=1&origin=https%3A%2F%2Fwww.dn.pt&widgetid=2

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.