Petrobras reduz preço da gasolina na refinaria

Correio do Pantanal

14 dez 2021 às 15:03 hs
Petrobras reduz preço da gasolina na refinaria

Preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro, o que representa uma redução de 3,13% – a primeira diminuição desde junho.

Por g1

14/12/2021 12h13  Atualizado há uma hora


 Aumento dos preços de combustíveis para consumidor final fica a critério de distribuidoras e postos — Foto: Marcelo Brandt / G1

Aumento dos preços de combustíveis para consumidor final fica a critério de distribuidoras e postos — Foto: Marcelo Brandt / G1https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Petrobras anunciou que o preço médio de venda da gasolina para as distribuidoras passará de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro a partir desta quarta-feira (15). O novo valor representa uma redução média de 3,13% ou de R$ 0,10 por litro.

Segundo a estatal, o ajuste reflete, em parte, a evolução dos preços internacionais e da taxa de câmbio, “que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina”.

Petrobras não informou reajuste nos preços dos demais combustíveis.

O último reajuste nos preços dos combustíveis realizado pela Petrobras foi anunciado no dia 25 de outubro. Naquela ocasião, a empresa aumentou em 7,04% a gasolina e em 9,15% o diesel.https://e0d877f5d060e178261c8326a27f00ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Esse foi a primeira redução nos preços da gasolina desde 12 de junho. Depois disso, foram feitos quatro aumentos. Veja gráfico:

LEIA TAMBÉM:https://datawrapper.dwcdn.net/tttpN/11/

No comunicado divulgado nesta terça, a Petrobras informa que “reitera seu compromisso com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado, ao mesmo tempo em que evita o repasse imediato para os preços internos, das volatilidades externas e da taxa de câmbio causadas por eventos conjunturais”.https://e0d877f5d060e178261c8326a27f00ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

De acordo com a empresa, considerada a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A que compõe a gasolina vendida nos postos, a parcela da Petrobras no preço do combustível na bomba “passará a ser de R$ 2,26 a cada litro, em média”, uma redução de R$ 0,07 em relação ao último reajuste.

As alterações feitas pela Petrobras não impactam imediatamente nem necessariamente os preços nas bombas, pois o valor final depende também de impostos e margens de distribuidores e revendedores.

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina para distribuidoras

Petrobras anuncia redução no preço da gasolina para distribuidoras

Preço nos postos em leve queda

Na semana passada, o preço da gasolina praticado nos postos do país registrou leve queda, segundo levantamento divulgado na sexta-feira (10) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).https://e0d877f5d060e178261c8326a27f00ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

O levantamento mostra que o preço médio do litro da gasolina passou de R$ 6,742 para 6,708, uma queda de 0,50%. O valor máximo encontrado foi de R$ 7,962.

No acumulado em 12 meses, a inflação da gasolina passa de 50%, segundo dados do IBGE. No caso do etanol, a alta chegou a quase 70%. Já o diesel gasolina subiu 49,56%.

Redução foi anunciada por Bolsonaro

No dia 6 de dezembro, a Petrobras informou que não havia nenhuma decisão tomada sobre novos reajustes nos preços de combustíveis e não antecipava decisões.

A nota foi uma resposta às expectativas de mudanças nos preços de combustíveis nas refinarias, após o presidente Jair Bolsonaro afirmar em entrevista ao site Poder360 que a Petrobras começaria a anunciar redução no preço dos combustíveis.

Desde 2016, a Petrobras passou a adotar para suas refinarias uma política de preços que se orienta pelas flutuações do preço do barril de petróleo no mercado internacional e pelo câmbio.

O barril de petróleo do tipo Brent acumula uma queda da ordem de 14% desde o último reajuste anunciado, segundo o Valor Online. Na segunda-feira (13), o os futuros do petróleo Brent fecharam em queda de 1%, a US$ 74,39 o barril, ante um preço médio de US$ 80,81 em novembro.https://e0d877f5d060e178261c8326a27f00ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.htmlEvolução do preço do barril de petróleoValor médio do Brent, em US$68,9968,9976,6576,6573,1373,1380,4780,4765,1765,1756,4656,4664,1364,1371,271,2646462,3362,3365,965,955,755,732,9832,9823,2423,2439,939,944,344,343,2243,2254,5554,5565,1965,1970,7570,7574,674,683,6583,65jan/18mar/18mai/18jul/18set/18nov/18jan19mar/19mai/19jul/19set/19nov/19jan/20mar/2020mai/2020jul/2020set/2020nov/2020jan/21mar/21mai/21jul/21set/21nov/21020406080100fev/20
55,7
Fonte: Tendências Consultoriahttps://s3.glbimg.com/v1/AUTH_14ba.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.