Para garantir acordo político, vereadores aprovam emenda que proíbe reeleição da Mesa Diretora

Correio do Pantanal

13 jun 2021 às 06:52 hs
Para garantir acordo político, vereadores aprovam emenda que proíbe reeleição da Mesa Diretora

Para garantir acordo político, vereadores aprovam emenda que proíbe reeleição da Mesa Diretora

Sheila ForatoImprimir

Durante sessão online, realizada na quinta-feira (10), os vereadores de Coxim aprovaram emenda a Lei Orgânica Municipal que proíbe a reeleição dos membros da Mesa Diretora. O projeto foi aprovado por 10 a três. Essa foi a forma encontrada pelo vereador Ademir Peteca (SOL), idealizador da mudança, de garantir o cumprimento de acordo político, feito no final do ano passado entre parte dos vereadores, resultando na eleição de William Meira (PSDB) para presidência.Sessão online foi realizada na quinta-feira (Foto: Reprodução Facebook)

O combinado é que o mesmo grupo que elegeu William vote em Peteca para comandar a Câmara nos anos de 2023 e 2024. Entretanto, como a Lei Orgânica permitia a reeleição dos membros da Mesa Diretora, existia o receio do acordo não ser cumprido e Ademir ficar com a Peteca na mão.Foto: Reprodução/Facebook

A pauta da sessão deixou a vereadora Marly Nogueira (PT) envergonhada. Foi assim que ela definiu ao fazer uso do grande expediente. “Queria eu estar discutindo outros projetos que atendessem a população no quesito comida, no quesito saúde, por que eu nem sei se vou estar viva amanhã, quanto mais daqui um ano e meio para escolher o novo presidente da Câmara”, iniciou seu discurso.

Marly contou que acorda todos os dias e acessa as redes sociais, onde fica sabendo da morte de um conhecido em decorrência do Coronavírus (Covid-19). “Que desperdício nós vereadores, eleitos pelo povo, discutindo esse tema. Eu me sinto envergonhada”, continuou a parlamentar questionando o que fazer com as famílias que estão em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia. “E a dona Maria, o seu José? Vamos colocar comida na mesa do povo”, sugeriu Marly, que finalizou sua fala pedindo para os colegas largarem mão de vaidades.

Abilio Vaneli endossou as palavras da colega de sigla. “É extremamente inconveniente a tramitação desse projeto no momento político, social, econômico e de pandemia que estamos vivendo. Poderíamos estar discutindo o projeto de lei que cria o auxílio emergencial municipal para socorrer as pessoas que estão passando fome em Coxim”, propôs Vanelli, lembrando ainda na necessidade de usar o dinheiro destinado a merenda escolar com distribuição de kits aos alunos da rede municipal, como tem feito a estadual.

Os dois parlamentares citados e Carlos Henrique Ferreira da Silva (MDB) votaram contra a emenda a Lei Orgânica Municipal. Outros dois vereadores tinham se comprometido a votar contra, porém, mudaram de ideia no dia da sessão. A eleição da próxima Mesa Diretora pode acontecer até dezembro de 2022.

Editada para correção

Notícias relacionadas

Começa tramitar projeto que proíbe reeleição do presidente da Câmara de CoximCOMENTÁRIO(S)

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.