Pai e filho enforcam cão porque “não servia para caçar”

Correio do Pantanal

26 fev 2021 às 19:22 hs
Pai e filho enforcam cão porque “não servia para caçar”

JNHoje às 15:02

Duas pessoas, pai e filho, foram detidas em Almogía, Espanha, por terem enforcado um cão numa oliveira e depois atirado o corpo de um penhasco, porque este supostamente “não servia para caçar”. A presença de outra pessoa que os chamou à atenção fez com que os suspeitos fugissem do local. Segundo a Guarda Civil espanhola, os factos ocorreram no dia 6 de fevereiro.

O alerta da testemunha fez com que as autoridades aparecessem no local, mas não encontraram o animal e iniciaram a investigação para localizar os responsáveis, noticia o jornal “La Opinión de Málaga”.

A informação fornecida pelo denunciante permitiu aos agentes localizar um dos suspeitos e intercetá-lo três horas depois, quando este conduzia de “forma irregular”, ocasionalmente entrando na faixa oposta e com sintomas de estar sob a influência de bebidas alcoólicas. Uma patrulha de trânsito da Guarda Civil realizou um teste de deteção de álcool, que deu positivo.

As autoridades afirmaram que o suspeito foi “muito agressivo”, recusando identificar-se e ameaçando e desobedecendo gravemente aos agentes, pelo que procederam à sua detenção.

No dia seguinte, os agentes fizeram uma vistoria no local dos acontecimentos e encontraram o animal morto, um cão da raça podengo de um ano e meio, e verificaram que foi enforcado com uma corda e posteriormente atirado de um penhasco de difícil acesso. O animal, que tinha um microchip, pertencia ao homem detido.

Os esforços dos agentes permitiram identificar e deter uma segunda pessoa, que vivia em Almogía e que confessou os factos, justificando a sua ação porque o cão não era adequado para a caça.

Os detidos foram acusados ​​de crime de maus-tratos a animais, agravado pela crueldade e pela morte, sendo um deles acusado ainda dos crimes de resistência, desobediência grave e ameaças contra a autoridade de trânsito.Partilhe este artigo no Fa

ATENÇÃO: Comente com responsabilidade, os comentários não representam a opnião do Jornal Correio do Pantanal. Comentários ofensivos e que não tenham relação com a notícia, poderão ser retirados sem prévia notificação.